“POEMA OBSCENO”: HAVERIA LIRISMO NA POESIA SOCIAL?

Autores

  • Geraldo Augusto Fernandes

DOI:

https://doi.org/10.9771/2176-4794ell.v0i51.13758

Palavras-chave:

Poesia social, poesia e política, crítica sócio-política, lirismo.

Resumo

Este artigo pretende analisar um poema de Ferreira Gullar – “Poema obsceno” – e verificar se na poesia denominada “social” há lirismo, na forma como o termo é aplicado historicamente e também como estudado por especialistas do gênero lírico. A poesia social de Gullar tem por leitmotiv a crítica sociopolítica e, justamente por esse fato, pode parecer restritiva e desvanecida, por remeter a um tempo específico. Seria lírica? Para responder, há de se relativizar o conceito de lirismo, da antiguidade às produções contemporâneas, através da análise do poema escolhido

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-06-17

Como Citar

FERNANDES, G. A. “POEMA OBSCENO”: HAVERIA LIRISMO NA POESIA SOCIAL?. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 51, 2015. DOI: 10.9771/2176-4794ell.v0i51.13758. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/13758. Acesso em: 27 maio. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS / ARTICLES