Consumo alimentar de pacientes com câncer de mama acompanhados em um centro de oncologia em Salvador, Bahia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/cmbio.v22i4.54500

Palavras-chave:

Alimentos in natura, Alimentos ultraprocessados, Consumo alimentar, Estado Nutricional, Neoplasia de mama

Resumo

Introdução: o câncer de mama é uma doença causada pelo crescimento desequilibrado de células anormais no tecido mamário. Para o tratamento dessa patologia, o suporte deve ser multiprofissional, a fim de reduzir a morbimortalidade e melhorar a qualidade de vida do paciente. Assim, o acompanhamento nutricional destaca-se como indispensável nesse cuidado, para manutenção do estado nutricional adequado e orientação do paciente quanto às escolhas alimentares. Objetivo: descrever o estado nutricional e o consumo de alimentos in natura, minimamente processados, processados e ultraprocessados de pacientes em tratamento de neoplasia de mama. Metodologia: trata-se de um estudo de campo de natureza observacional, com abordagem quantitativa, de caráter transversal e descritivo, realizado em um centro de oncologia localizado em Salvador (BA). Foram incluídos nesse estudo 44 participantes com diagnóstico de câncer de mama. Para avaliação do estado nutricional, foram aferidos peso e altura dos pacientes com posterior cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC). Em seguida, aplicou-se um questionário com perguntas relacionadas à caracterização da amostra e à frequência alimentar. Resultados: a maioria das participantes apresentou sobrepeso e obesidade
(70%), com IMC ≥ 25 kg/m². Quanto à frequência alimentar, constatou-se que os alimentos in natura ou minimamente processados apresentaram maior regularidade de consumo. Já os alimentos processados e ultraprocessados tiveram baixa frequência de ingesta. Conclusão: os dados evidenciaram estado nutricional inadequado das participantes, mesmo diante de consumo alimentar qualitativo apropriado. Isto denota a importância das intervenções dietéticas para ajustar o consumo de forma quantitativa e melhorar o estado nutricional das pacientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jaqueline Conceição dos Santos, Centro Universitário Maria Milza (UNIMAM)

Bacharel em Nutrição pelo Centro Universitário Maria Milza (UNIMAM).

Leila Valverde, Universidade Federal da Bahia

Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade Católica do Salvador (2001), Licenciatura plena em Biologia pela Faculdade de Ciências da Bahia (2018) e Mestrado pela Universidade do Porto (Portugal) revalidado como Mestrado em Pedagogia do Movimento Humano pela USP (2009). Atualmente é Doutoranda em Processos Interativos dos Órgãos e Sistemas pela Universidade Federal da Bahia (PPgPIOS/UFBA). Integra os grupos de pesquisa em Bioquímica oral (UFBA) e Estudos, Pesquisas e Experimentações Educacionais do Instituto Anísio Teixeira (IAT). Participa do Grupo de estudos em Bioengenharia tecidual e biomateriais (UFBA); membro da Sociedade Brasileira de Anatomia (SBA) e do Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem (UFBA); vice-coordenadora do projeto de extensão metodologias ativas no ensino da anatomia humana (UFBA). Tem experiência como docente em instituições de ensino superior públicas e privadas em cursos de graduação e pós-graduação; experiência na assistência em Fisioterapia, com ênfase em Geriatria, atuando 14 anos na saúde pública em Portugal. 

Isabela Cerqueira Barreto, Universidade Federal da Bahia

Doutora em Processos Interativos dos Órgãos e Sistemas (UFBA); Mestre em Ciências Morfológicas com área de concentração em Bioengenharia Tecidual pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); Especialista em Periodontia (Centro Baiano de Estudos Odontológicos - CEBEO/ UFBA) e Graduada em Odontologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professora Associada II de Bioquímica, coordenadora da disciplina ICSB61, integra o quadro de professores da pós-graduação em Processos Interativos dos Órgãos e Sistemas e coordena o Laboratório de Bioengenharia Tecidual e Biomateriais no ICS/ UFBA. Desenvolve estudos na Área de Morfologia, com ênfase em Regeneração e Bioengenharia Tecidual, Periodontia, e atua principalmente nos seguintes temas: Enxertos Ósseos, Biomateriais, Regeneração Óssea, Biologia e Bioquímica do Tecido Ósseo. Integra dois grupos de pesquisa certificados pelo CNPq: Grupo de Pesquisa em Bioquímica Oral e BIOCN - Biomateriais compósitos e nanocompósitos.

Fúlvio Borges Miguel, Universidade Federal da Bahia

Graduado em Odontologia pela Unifran (2000) com Mestrado em Odontologia pela Universidade Federal da Bahia (2003), Doutorado em Patologia Humana pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia/Instituto de Pesquisa Gonçalo Moniz (Fundação Oswaldo Cruz - Fiocruz, Bahia) (2008) e Pós-doutorado em Odontologia pela Universidade Federal Fluminense (2015). Atualmente é professor Patologia Geral e pesquisador no Instituto de Ciências da Saúde (ICS) da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Iorrana Índira dos Anjos Ribeiro, Centro Universitário Maria Milza (UNIMAM)

Nutricionista; Doutora em Processos Interativos dos Órgãos e Sistemas; Docente do Centro Universitário Maria Milza (UNIMAM).

Downloads

Publicado

2023-12-22

Como Citar

Santos, J. C. dos ., Ramos, L. V., Cerqueira Barreto, I. ., Miguel, F. B. ., & Ribeiro, I. Índira dos A. . (2023). Consumo alimentar de pacientes com câncer de mama acompanhados em um centro de oncologia em Salvador, Bahia. Revista De Ciências Médicas E Biológicas, 22(4), 724–730. https://doi.org/10.9771/cmbio.v22i4.54500

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)