O acervo híbrido do Memorial do Instituto Federal da Bahia à luz das Humanidades Digitais

Autores

Palavras-chave:

Acervo híbrido, Memorial do Instituto Federal da Bahia, Memorial, Tecnologia da Informação e Comunicação

Resumo

Tratar-se-á de estudo sobre o processo de implementação do Memorial do Instituto Federal da Bahia (IFBA), de como surgiu, de sua formação enquanto acervo híbrido constituído por documentação de arquivo, biblioteca e museu, bem como os seus serviços disponibilizados pelas tecnologias da informação e comunicação. Surge a problematização: como é possível a reunião desses conjuntos documentais em uma só instituição documental? Conceitos e definições norteiam esta pesquisa. Na tentativa de caracterizar os memoriais, o Conselho Internacional de Museus implementou em 2001 o Comitê Internacional de Museus Memoriais, órgão a conceituar memoriais como instituições que desenvolvem a função de museus e com a finalidade de homenagear vítimas do Estado e salvaguardar os direitos humanos básicos (ICOM/ICMEMO, 2001).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tassila Oliveira Ramos, Universidade Federal da Bahia - UFBA / Instituto Federal da Bahia - IFBA

Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Bibliotecária-Documentalista do Instituto Federal da Bahia (IFBA).

Zeny Duarte de Miranda, Universidade Federal da Bahia - UFBA / Universidade do Porto

Doutora em Letras pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professora da UFBA. Investigadora colaboradora do Grupo de Investigação Cultura Digital do Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória (CITCEM). Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Downloads

Publicado

2023-01-02

Como Citar

RAMOS, T. O.; MIRANDA, Z. D. de. O acervo híbrido do Memorial do Instituto Federal da Bahia à luz das Humanidades Digitais . Revista Fontes Documentais, [S. l.], v. 5, n. Ed. Especial II ABM, p. 207–209, 2023. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/RFD/article/view/58465. Acesso em: 13 jun. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>