Divinas, insurgentes e pecadoras: a culpa mítica da mulher

Autores

Resumo

Neste artigo o objetivo é discutir a relação mulher-culpa a partir de fragmentos de narrativas míticas de quatro culturas diferentes; judaico-cristã, grega, guarani e ioruba. Utilizamos como metodologia um exercício de problematização de inspiração foucaultiana. A releitura de alguns mitos nessa perspectiva nos revelaram mulheres consideradas divinas, insurgentes e pecadoras em culturas e tempos distintos que figuram em uma trama histórica complexa onde perspectivas do feminino foram construídas e perpassaram tempo e espaço até nossos dias, envoltas em culpa. No constante e forte movimento que sustenta no presente que na base de problemas diversos sempre existe uma mulher, que não cuidou como deveria dos filhos, se vestiu de modo provocante, se sobressaiu demais, falou muito, foi muito curiosa, não amamentou, assumiu um papel não lhe cabia entre outras tantas coisas, temos ecos de outros tempos.Paula

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ailton Dias de Melo, FURG - Universidade Federal do Rio Grande

Professor da Educação Básica, graduado em Filosofia, História e Psicologia. Mestre em educação pela UFLA e doutorando pela FURG. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde - Área de Gênero e Educação.

Paula Regina Costa Ribeiro, FURG - Universidade Federal do Rio Grande

Doutora em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS. Professora do Instituto de Educação e dos Programas de Pós-Graduação: Educação em Ciências e Educação Ambiental da Universidade Federal do Rio Grande – Furg. Pós-Doutorado na Escola Superior de Educação de Coimbra/Instituto Politécnico de Coimbra. Pesquisadora do Grupo de Investigación en Educación y Sociedad (Gies). Líder do Grupo de Pesquisa Sexualidade e Escola (Gese), atuando principalmente nos seguintes temas: corpos, gêneros e sexualidades. Bolsista produtividade 1C do CNPq.

Downloads

Publicado

2021-08-16

Como Citar

Melo, A. D. de, & Ribeiro, P. R. C. (2021). Divinas, insurgentes e pecadoras: a culpa mítica da mulher. Revista Periódicus, 1(16), 240–263. Recuperado de https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaperiodicus/article/view/35908