Mapeamento Patentário Sobre as Tecnologias Aeroespaciais das Instituições de Pesquisa e das Empresas Brasileiras

Autores

  • Marcello Carvalho dos Reis Meteora
  • Claus Franz Wehmann Universidade Federal do Ceará
  • Maria Elisa Marciano Martinez Instituto Nacional da Propriedade Industrial
  • Patrícia Carvalho dos Reis Instituto Nacional da Propriedade Industrial

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v14i3.42426

Palavras-chave:

Aeroespacial, Inovação Tecnológica, Patente.

Resumo

A inovação tecnológica possui grande relevância na indústria aeroespacial, uma vez que seus produtos envolvem tecnologia na fronteira do conhecimento, com níveis de maturidade tecnológica muito baixa e com incertezas quanto ao sucesso, tornam-se poucas atrativas para o setor privado. Neste estudo, foi realizado um mapeamento patentário por atividade com o intuito de obter os documentos protegidos no Brasil relacionados à tecnologia aeroespacial, observando, assim, como essas instituições estão protegendo suas inovações, além disso, foi possível utilizar essas informações como fonte direta de dados. As principais tecnologias aeroespaciais obtidas foram: métodos e sistemas (45%); e veículo cosmonáutico, satélites artificiais e peças de veículos (36%). Do total de documentos encontrados, 62% foram depositados por Indústrias de Interesse da Defesa; e 32% de Instituições de Ensino e Pesquisa. Além disso, conclui-se que as pesquisas das Instituições de Ensino e Pesquisa têm foco em pesquisas complementares às pesquisas das Indústrias de Interesse da Defesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcello Carvalho dos Reis, Meteora

Mestrado em Metrologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – Puc-Rio em 2018.

http://lattes.cnpq.br/2607778393179184

Claus Franz Wehmann, Universidade Federal do Ceará

Doutor em Engenharia Aeronáutica e Mecânica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em 2010.

Maria Elisa Marciano Martinez, Instituto Nacional da Propriedade Industrial

Mestrado em Engenharia Química pela Universidade de São Paulo – USP em 2000.

Patrícia Carvalho dos Reis, Instituto Nacional da Propriedade Industrial

Doutora em Engenharia Química/UFRJ.

Referências

ACRUX AEROSPACE. [2020]. Disponível em: https://www.acruxtech.com.br/. Acesso em: 24 ago. 2020.

AEB – AGÊNCIA ESPACIAL BRASILEIRA. AEB se reúne com representantes da indústria catarinense para debater oportunidades no setor espacial brasileiro. 2020a. Disponível em: https://www.gov.br/aeb/pt-br/assuntos/noticias/aeb-se-reune-com-representantes-da-industria-catarinense-para-debater-oportunidades-no-setor-espacial-brasileiro. Acesso em: 24 ago. 2020.

AEB – AGÊNCIA ESPACIAL BRASILEIRA. AEB Talks: Agência Espacial Brasileira lançou novo produto com bate-papos sobre setor espacial. 2020b. Disponível em: http://www.aeb.gov.br/aeb-talks-agencia-espacial-brasileira-lancou-novo-produto-com-bate-papos-sobre-setor-espacial/. Acesso em: 24 ago. 2020.

AEB – AGÊNCIA ESPACIAL BRASILEIRA. Especialistas discutem instrumento inovador de compras públicas para o setor espacial. 2020c. Disponível em: http://www.aeb.gov.br/especialistas-discutem-instrumento-inovador-de-compras-publicas-para-o-setor-espacial/. Acesso em: 24 ago. 2020.

AEB – AGÊNCIA ESPACIAL BRASILEIRA. SpaceBR Show 2021: MundoGEO lança evento para o setor espacial, em parceria com AEB. 2020d. Disponível em: http://www.aeb.gov.br/spacebr-show-2021-mundogeo-lanca-evento-para-o-setor-espacial-em-parceria-com-aeb/. Acesso em: 24 ago. 2020.

AEB – AGÊNCIA ESPACIAL BRASILEIRA. Transferência de tecnologia permite o desenvolvimento na indústria nacional de sistema de propulsão para satélites. 2020e. Disponível em: http://www.aeb.gov.br/transferencia-de-tecnologia-permite-o-desenvolvimento-na-industria-nacional-de-sistema-de-propulsao-para-satelites/. Acesso em: 24 ago. 2020.

AHMAD, P. A. S.; BABU, G. India's aerospace start-ups eye rocket launches and planetary missions. Business Standard. 2020. Disponível em: https://www.business-standard.com/article/companies/india-s-aerospace-start-ups-eye-rocket-launches-and-planetary-missions-120062601687_1.html. Acesso em: 24 ago. 2020.

BARBOSA, R. O Brasil e o mercado espacial global. O Estado de S. Paulo, opinião. Estadão, on-line, notícias. 2019. Disponível em: https://opiniao.estadao.com.br/noticias/espaco-aberto,o-brasil-e-o-mercado-espacial-global,70003102500. Acesso em: 24 ago. 2020.

BRASIL. Decreto n. 6.703, de 18 de dezembro de 2008. Estratégia Nacional de Defesa. Brasília, DF: Presidência da República. [2008]. Disponível em: http://www.defesa.gov.br/arquivos/estado_e_defesa/END-PND_Optimized.pdf. Acesso em: 1º set. 2020.

BUZZANGA, J. Using Technology intelligence for R&D. Industry Week. 2008. Disponível em: http://www.industryweek.com/articles/using_technology_intelligence_for_rd_17162.aspx. Acesso em: 24 ago. 2020.

CARVALHO, A. R. S.; URBINA, L. M. S.; ADRIANO, V. F. Complexo científico e tecnológico aeroespacial: principais. In: XVI CONGRESSO LATINO-IBEROAMERICANO DE GESTÃO DA TECNOLOGIA (ALTEC 2015), Porto Alegre, 2015. Anais [...]. Porto Alegre, 2015.

CORREIA, P. M. A. R.; SILVA, A. F.; PURCARU, M. O Direito de Patente na Indústria Espacial. Lex Humana, [s.l.], v. 9, n. 1, p. 94-111, 2017. Disponível em: http://seer.ucp.br/seer/index.php?journal=LexHumana&page=article&op=view&path%5B%5D=1393. Acesso em: 24 ago. 2020.

CRAIDE, S. Número de celulares no país passa de 272 milhões. Agência Brasil. 2014. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2014-03/numero-de-celulares-no-pais-passa-de-272-milhoes. Acesso em: 24 ago. 2020.

DIANA, D. História da Internet. Toda Matéria, Informática. 2019. Disponível em: https://www.todamateria.com.br/historia-da-internet/. Acesso em: 24 ago. 2020.

DYRUD, L. P. et al. The power of inexpensive satellite constellations. Proceedings of the SPIE, [s.l.], v. 9.083, article ID 90832A, 14 p., 2014. DOI: https://doi.org/10.1117/12.2053395.

ETHERINGTON, D. Max Q: SpaceX and Rocket Lab launch rockets and X-Wings take flight. TechCrunch. 2019. Disponível em: https://techcrunch.com/2019/12/08/max-q-spacex-and-rocket-lab-launch-rockets-and-x-wings-take-flight/. Acesso em: 24 ago. 2020.

FALCÃO, D. Startup paulista desenvolve CubeSat e o primeiro foguete reutilizável brasileiro. Brazilian Space. 2019. Disponível em: https://brazilianspace.blogspot.com/2019/02/startup-paulista-desenvolve-cubesat-e-o.html. Acesso em: 24 ago. 2020.

G1. Número de linhas celulares no Brasil cresce 3,5% em 2014. G1, Tecnologia e Games. 2015. Disponível em: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2015/02/numero-de-linhas-celulares-no-brasil-cresce-35-em-2014.html. Acesso em: 24 ago. 2020.

GOMES, H. S. Brasil recebe propostas, e Alcântara pode lançar veículo ao espaço em 2021. Tilt, on-line, negócios. 2020. Disponível em: https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2020/05/29/brasil-da-1-passo-para-lancar-veiculo-espacial-e-planeja-decolagem-em-2021.htm. Acesso em: 24 ago. 2020.

HALLACK, P. Número de celulares diminui, mas ainda supera quantidade de pessoas no Brasil. Money Report. 2019. Disponível em: https://www.moneyreport.com.br/economia/numero-de-celulares-diminui-mas-ainda-supera-quantidade-de-pessoas-no-brasil/. Acesso em: 24 ago. 2020.

INPI – INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL. Busca de Patentes. [2020a]. Disponível em: http://www.inpi.gov.br/menu-servicos/informacao/busca-de-patentes. Acessado em 23/03/2020.

INPI – INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL. Manual de Patentes. [2020b]. Disponível em: http://www.inpi.gov.br/menu-servicos/patente/arquivos/manual-para-o-depositante-de-patentes.pdf. Acesso em: 23 mar. 2020.

IPEA – INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA. Comunicado do IPEA n. 153: desafios e oportunidades para uma indústria espacial emergente: o caso do Brasil. 2012. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=14788. Acesso em: 24 ago. 2020.

JORNAL NACIONAL. Quantidade de linhas de celular no Brasil é maior do que população. Jornal Nacional. 2010. Disponível em: http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2010/11/quantidade-de-linhas-de-celular-no-brasil-e-maior-do-que-populacao.html. Acesso em: 24 ago. 2020.

KELLAMS, G.; LEONARD, C. Small Satellite Producibility, Affordability Approaches and TacSat 4 Design for Manufacturing and Assembly Results. In: 22ND ANNUAL AIAA/USU CONFERENCE ON SMALL SATELLITES, Utah, USA, 11-14, August, 2008. Anais […]. Utah, USA, 11-14, August, 2008. Disponível em: https://digitalcommons.usu.edu/smallsat/2008/all2008/6/ Acesso em: 24 ago. 2020.

KUBOTA, L. C. et al. Tecnologias da Informação e Comunicação: competição, políticas e tendências. [2012]. Disponível em: file:///C:/Users/WINDOW~1/AppData/Local/Temp/Livro_Tecnologias_da_inf.pdf. Acesso em: 24 ago. 2020.

MATURANA, J. Historia de Internet 2000-2009. My Computer, A Fondo. 2009. Disponível em: https://www.muycomputer.com/2009/11/17/actualidadespecialeshistoria-de-internet-2000-2009_we9erk2xxdcs18l1r633dmvsuhcb05ih8priucxkk9ushyv2wbfrvrp7qk129ybf/. Acesso em: 24 ago. 2020.

MCADAM, R. et al. Defining and improving technology transfer business and management process in university innovation centres. Technovation, [s.l.], v. 25, n. 12, p. 1.418-1.429, 2004. DOI: https://doi.org/10.1016/j.technovation.2004.08.002.

MCTI – MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÕES. Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação 2012-2015. Balanço das Atividades Estruturantes 2011. 2012. p. 65-68.

MCTIC – MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÕES E COMUNICAÇÕES. Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação 2016-2020. 2016. p. 87-89.

OCDE – ORGANISATION FOR ECONOMIC CO-OPERATION AND DEVELOPMENT. OECD Patent Statistics Manual. 2009. https://www.oecd-ilibrary.org/docserver/9789264056442-en.pdf?expires=1584987209&id=id&accname=guest&checksum=77F1F3762BE06556719596CE3F9C9B34. Acesso em: 23 mar. 2020.

OLIVEIRA, H. A. Brasil-China: Trinta Anos de uma Parceria Estratégica. Revista Brasileira de Política Internacional, [s.l.], v. 47, n. 1, p. 7-30, 2004. DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-73292004000100002.

PINHO, A. Garatéa, uma startup de exploração espacial que vai levar o Brasil à Lua em 2021. Na Prática. 2017. Disponível em: https://www.napratica.org.br/garatea-start-up-de-exploracao-espacial/. Acesso em: 24 ago. 2020.

PORTER, A. L. Forecasting and management of technology. Estados Unidos: Wiley Series in Engineering and Technology Management, 1991. p. 306-307.

PORTZ, R. Launch vehicle design features for minimum cost. In: 40º AIAA/ASME/SAE/ASEE JOINT PROPULSION CONFERENCE AND EXHIBIT. Fort Lauderdale, 2004. Anais […]. Fort Lauderdale, 2004.

PÓVOA, L. M. C. A universidade deve patentear suas invenções? Revista Brasileira de Inovação, [s.l.], v. 9, n. 2, p. 231-256, 2010. DOI: https://doi.org/10.20396/rbi.v9i2.8649001.

RANGEL, A. N. et al. Desafios ao Desenvolvimento da Base Industrial de Defesa: A Busca pela Soberania Nacional. [2020]. Disponível em: https://www.gov.br/defesa/pt-br/arquivos/ensino_e_pesquisa/defesa_academia/cadn/artigos/xvi_cadn/desafiosa_aoa_desenvolvimentoa_daa_basea_industriala_dea_defesaa_aa_buscaa_pelaa_soberaniaa_nacional.pdf. Acesso em: 24 ago. 2020.

ROSA, N. Japão anuncia investimento milionário em startups espaciais. Canal Tech. 2018. Disponível em: https://canaltech.com.br/espaco/japao-anuncia-investimento-milionario-em-startups-espaciais-110428/. Acesso em: 24 ago. 2020.

TELECO. Estatísticas do Brasil – Geral. Teleco. 2020. Disponível em: https://www.teleco.com.br/estatis.asp. Acesso em: 24 ago. 2020.

VELLASCO, F. M. M. V. O desenvolvimento da indústria espacial brasileira: uma abordagem institucional. 2019. 143 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Mestrado em Governança e Desenvolvimento da Escola Nacional de Administração, Brasília, 2019.

VILLELA, T. et al. Towards the Thousandth CubeSat: A Statistical Overview. International Journal of Aerospace Engineering, [s.l.], v. 2.019, article ID 5063145, 13 p., 2019. DOI: https://doi.org/10.1155/2019/5063145.

WIPO – WORLD INTELLECTUAL PROPERTY ORGANIZATION. REFORMED IPC. [2020a]. Disponível em: http://www.wipo.int/ipcpub/#lang=en&refresh=page. Acesso em: 2 jan. 2018.

WIPO – WORLD INTELLECTUAL PROPERTY ORGANIZATION. The Paris Convention. [2020b]. https://www.wipo.int/treaties/en/ip/paris. Acesso em: 23 mar. 2020.

Downloads

Publicado

2021-10-01

Como Citar

Reis, M. C. dos, Wehmann, C. F., Martinez, M. E. M., & Reis, P. C. dos. (2021). Mapeamento Patentário Sobre as Tecnologias Aeroespaciais das Instituições de Pesquisa e das Empresas Brasileiras. Cadernos De Prospecção, 14(4), 1219–1235. https://doi.org/10.9771/cp.v14i3.42426

Edição

Seção

Prospecções Tecnológicas de Assuntos Específicos