Estudo e Monitoramento Tecnológico da Despolimerização do PET

Autores

  • Caio Cefas da Nóbrega Souza Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB, Brasil
  • Edilânia Silva do Carmo Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB, Brasil
  • Juliana Araújo Marques França Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB, Brasil
  • José Nilton Silva Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v12i2.27276

Palavras-chave:

PET, Despolimerização, Politereftalato de etileno.

Resumo

Este artigo trata do estudo e monitoramento tecnológico sobre a despolimerização do Poli tereftalato de etileno (PET), usando patentes como fontes de informações. O levantamento das informações foi realizado utilizando a plataforma Questel Orbit®, aplicando como entrada as palavras-chave para as buscas “despolimerização”, “Politereftalato de etileno”, “PET”, “Poly (ethylene therephthalate)” e “depolymerization”. Foram realizadas análises “macro”, “meso” e “micro”, com o objetivo de levantar as principais características tecnológicas relacionadas ao campo de pesquisa.  Os principais processos para despolimerização do PET estão a hidrólise, a glicólise, a aminólise, a amonólise e a metanólise. Tais tecnologias constituem a reciclagem terciária ou reciclagem química do PET.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caio Cefas da Nóbrega Souza, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB, Brasil

Aluno especial do Programa de pós-graduação em engenharia química.

Edilânia Silva do Carmo, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB, Brasil

Mestranda em Engenharia Química do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química.

Juliana Araújo Marques França, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB, Brasil

Mestranda em Engenharia Química do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química.

José Nilton Silva, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB, Brasil

Professor Adjunto da Universidade Federal de Campina Grande, lotado no Departamento de Engehharia Química.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DO PET (ABIPET). Censo da reciclagem do PET no Brasil Associação Brasileira da Indústria PET. 10. ed. [S.l.: s.n.], 2016. Disponível em:

<http://www.abipet.org.br/index.html?method=mostrarDownloads&categoria.id=3>. Acesso em: 7 jun. 2018.

ASSIS, R. Adesivos poliuretanos derivados de PET reciclado: síntese, caracterização e aplicação. Campinas: [s.n.], 2004.

AWAYA, F.; PAVEL, D. Recycling of PET. European Polymer Journal, [S.l.], v. 41, p. 1453–1477, 2005.

BENTES, V. L. Hidrólise básica de resíduos poliméricos de PET pós-consumo e degradação catalítica dos monômeros de partida. Manaus: [s.n.], 2008.

DE PAOLI, M. A. Degradação e estabilização de polímeros.2. ed. (versão online). 2008.

GARCIA, E. E. C. Você conhece o lado Químico do PET? Boletim de Tecnologia e Desenvolvimento de Embalagens, São Paulo, v. 9, n. 4, p. 1–3, 2007.

HONG, L. Solid superacid catalyst for depolymerization of PET. CN Pat. 107362811, 21 nov. 2017.

KHALAF, H. I.; HASAN, O. A. Effect of quaternary ammonium salt as a phase transfer catalyst for the microwave depolymerization of polyethylene terephthalate waste bottles. Chemical Engineering Journal, [S.l.], p. 45–48, 2012.

LI, Z. D. Catalytic depolymerization of PET under microwave irradiation. CN Pat. 101066905, 7 nov. 2007.

LORENZETTI, C. et al. Chemical recovery of useful chemicals from polyester (PET). Waste for resource conservation: A sourvey of state of art. [S.l.: s.n.], 2006. p. 98–101.

MIRELA, D. M. et al. Method of obtaining aromatic polyester-ether polyols from waste poly (ethylene terephthalate) (PET) and aromatic polyester-ether polyols incorporating poly (ethylene terephthalate) wastes and renewable materials, obtained by respective procedure. EP Pat. 2565226, 6 mar. 2013.

ODIAN, G. Principles of Polymerization. 4. ed. New Jersey: John Wiley & Sons, 2004.

PASZUN, D.; SPYCHAJ, T. Chemical Recycling of Poly (ethylene terephtalate). Industrial and Engineering Chemistry Research, [S.l.], 1997. 1373–1383.

QUESTEL ORBIT. Orbit Intelligence. Disponível em: <https://www32.orbit.com/>. Acesso em: jun. 2018.

ROMÃO, W.; SPINACÉ, M. A. S.; DE PAOLI, M. A. Poli (Tereftalato de Etileno), PET: uma revisão sobre os processos de síntese, mecanismos de degradação e sua reciclagem, polímeros: Ciência e Tecnologia, [S.l.], v. 19, n. 2, p. 121–132, 2009.

ROSMANINHO, M. G. Transformando dejetos de PET em materiais de importância tecnológica. Belo Horizonte: [s.n.], 2005.

ROSU, F.; SHANKS, R. A.; BHATTACHARYA, S. N. Synthesis and Characterisation of Branched Poly (ethylene terephthalate). Polymer International, [S.l.], ed. 3, v. 42, p. 267–275. 1999.

RUVOLO, R.; CURTI, P. S. Polímeros Ciência e Tecnologia. São Paulo: [s.n.], 2006.

SPINACÉ, R. A.; PAOLI, D. A tecnologia da reciclagem de polímeros. Revista Química Nova, Campinas, v. 28, n. 1, p. 65–72, 2005.

Downloads

Publicado

2019-06-18

Como Citar

Souza, C. C. . da N., do Carmo, E. S., França, J. A. M., & Silva, J. N. (2019). Estudo e Monitoramento Tecnológico da Despolimerização do PET. Cadernos De Prospecção, 12(2), 336. https://doi.org/10.9771/cp.v12i2.27276

Edição

Seção

Prospecções Tecnológicas de Assuntos Específicos