Avaliação Tecnológica de Catalisadores Ácidos de Lewis Surfactantes/Combinados na Produção de Biodiesel: o caso do catalisador tris-dodecilsulfato de cério (III)

Autores

  • Melissa Braga Universidade de Brasília/CDT, Brasília, DF, Brasil.
  • Débora Franceschini Mazzei Universidade de Brasília/CDT, Brasília, DF, Brasil.
  • Higor dos Santos Santana Universidade de Brasília/CDT, Brasília, DF, Brasil.
  • Priscilla Marmentini Universidade de Brasília/CDT, Brasília, DF, Brasil.
  • Marcio Lima da Silva Universidade de Brasília/CDT, Brasília, DF, Brasil.
  • Grace Ferreira Ghesti Universidade de Brasília/CDT, Brasília, DF, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v11i4.27110

Palavras-chave:

Biodiesel, Catalisadores Tris-dodecilsulfato de cério (III).

Resumo

O biodiesel já se encontra na matriz energética brasileira em uma porcentagem de 10% em todo o diesel que é comercializado. A sua produção em escala industrial ocorre por meio da reação de transesterificação na presença de catalisador básico homogêneo. Visando a produção mais ambientalmente recomendável, foi desenvolvido o catalisador tris-dodecilsulfato de cério (III), o qual deu origem à patente concedida pelo INPI sob o número BRPI0701850-9 e publicações científicas relacionadas. Este artigo apresenta a avaliação tecnológica da patente em questão no contexto global de patentes e pesquisas científicas a fim de estudar sua manutenção no portfólio da UnB. Dentre os obstáculos tecnológicos a serem superados, os quais podem garantir a viabilidade do catalisador, barreiras técnicas impediram o escalonamento da tecnologia impedindo sua maturidade tecnológica e, consequentemente, sua transferência para o setor produtivo. 


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Melissa Braga, Universidade de Brasília/CDT, Brasília, DF, Brasil.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA

Programa de pós-graduação em Tecnologias Químicas e Biológicas - PPGTQB/IQD/UnB

Débora Franceschini Mazzei, Universidade de Brasília/CDT, Brasília, DF, Brasil.

Programa de Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação - ProfNIT - Ponto Focal Universidade de Brasília - UnB

Higor dos Santos Santana, Universidade de Brasília/CDT, Brasília, DF, Brasil.

Programa de Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação - ProfNIT - Ponto Focal Universidade de Brasília - UnB

Priscilla Marmentini, Universidade de Brasília/CDT, Brasília, DF, Brasil.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA

Programa de Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação - ProfNIT - Ponto Focal Universidade de Brasília - UnB

Marcio Lima da Silva, Universidade de Brasília/CDT, Brasília, DF, Brasil.

Professor do programa de Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação - ProfNIT - Ponto Focal Universidade de Brasília - UnB

Grace Ferreira Ghesti, Universidade de Brasília/CDT, Brasília, DF, Brasil.

Professora Associada I - Instituto de Química - IQD/UnB
Laboratório de Bioprocessos Cervejeiros e Catálise Aplicada a Energias Renováveis - LaBCCERVa/IQD/UnB 
Coordenadora Adjunta do Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação - ProfNIT - Ponto Focal Universidade de Brasília - UnB

Referências

AMARAL, L. C. G. S.; ABREU, Y. V. Evolução do Mercado Brasileiro de Biodiesel sob a Ótica dos Leilões Promovidos pela ANP: 2005 a 2014. Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 54, n.4, out./dez. 2016.

AMBAT, I. et al. Recent advancement in biodiesel production methodologies using various feedstock: A review. Renewable and Sustainable Energy Reviews, v. 90, p. 356-369, 2018.

ATADASHI, I. M. et al. The effects of catalysts in biodiesel production: A review. Journal of Industrial and Engineering Chemistry, v. 19, n. 1, p. 14–26, 2013.

BIOFUELS INTERNATIONAL MAGAZINE. Market study: Global biofuels market to grow to $246bn by 2024. 15 abr. 2016. Disponível em: < https://biofuels-news.com/display_news/10395/market_study_global_biofuels_market_to_grow_to_246bn_by_2024/>. Acesso em: 10 ago. 2018.

BRASIL; MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA. Percentual obrigatório de biodiesel passa para 10%. Disponível em: < http://www.mme.gov.br/web/guest/pagina-inicial/outras-noticas/-/asset_publisher/32hLrOzMKwWb/content/percentual-obrigatorio-de-biodiesel-passa-para-10->. Acesso em: 10 ago. 2018.

CAMBIA. Base de dados. Disponível em: <https://www.lens.org/lens/structured-search>. Acesso em: jun. 2018.

COSTARROSA, L. et al. Optimization of the Transesterification of Waste Cooking Oil with Mg-Al Hydrotalcite Using Response Surface Methodology. Energies, v. 11, n. 302, 2018.

DAYCHOUW, M. 40 Ferramentas e Técnicas de Gerenciamento. 3. ed. Rio de Janeiro: Brasport 2007.

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA. Processo de síntese do catalisador tris-dodecilsufato de cério. BRPI0701850-9, 2007.

GEBREMARIAM, S.N. et al. Economics of biodiesel production: Review. Energy Conversion and Management, v. 168, p. 74-84, jul. 2018.

GHESTI, G. F. et al. Synthesis, characterization and reactivity of Lewis acid/surfactant cerium trisdodecylsulfate catalyst for transesterification and esterification reactions. Applied Catalysis A: General, v. 355, n. 1–2, p. 139–147, fev. 2009.

GRANDE VIEW RESEARCH. Biodiesel Market Size Worth $54.8 Billion By 2025 | Growth Rate: 7.3%. July 2017. Disponível em: < https://www.grandviewresearch.com/press-release/global-biodiesel-market>. Acesso em: 10 ago. 2018.

GREENHALGH, A. A. M. S. et al. Gestão de negócio para projetos de PeD. Brasília: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa, 2017.

LEE, J. W. Advanced Biofuels and Bioproducts. Nolfork: Springer, 2013.

MAA, F.; HANNAB, M. A. Biodiesel production: a review. Bioresource Technology, v. 70, n. 1, p. 1–15, 1999.

MAI, T. Technology Readiness Level. Retrieved August, 30, 2016.

MENDES, C. U. S. Mapeamento tecnológico do biodiesel e tecnologias correlatas sob o enfoque do pedido de patentes. Rio de Janeiro: INPI, 2008.

QUINTELLA, C. M. et al. Cadeia do biodiesel da bancada à indústria: Uma visão geral com prospecção de tarefas e oportunidades para P&D&I. Química Nova. v. 32, n. 3, p. 793-808, 2009.

OLIVEIRA, E. M. S. Estudo de produção e caracterização de biodiesel produzido por transesterificação com catalisadores: tris-dodecilsulfato de cério(III), Ce/HUSY e KF/MgO. Brasília: Universidade de Brasília, 2012.

UFOP. Ufop Report on Global Market Supply 2017/2018. Berlin: [s.n.]. Disponível em: < https://www.ufop.de/files/3515/1515/2657/UFOP_Report_on_Global_Market_Supply_2017-2018.pdf>. Acesso em: 10 ago. 2018.

SCHWAB, A. Bioenergy Technologies Office Multi-Year Program Plan. Washington: [s.n.].

UNCTAD. Second-generation biofuel markets: State of play, trade and developing country perspectives. 2016.

SOARES, I. P. et al. Biodiesel: desafios e oportunidades. Brasília: Embrapa Infoteca-E. 2014.

SOCIEDADE NACIONAL DE AGRICULTURA. Consumo e produção de biodiesel registram queda em 2016. 15 jul. 2016. Disponível em: http://www.sna.agr.br/consumo-e-producao-de-biodiesel-registram-queda-em-2016/. Acesso em: 10 ago. 2018.

YANG, X. et al. Biofuel Production-Recent Developments and Prospects. In: BERNARDES, M. A. S. (Ed.). Biofuel Production-Recent Developments and Prospects. Rijeka: InTech, 2011. p. 606.

Downloads

Publicado

2018-12-07

Como Citar

Braga, M., Mazzei, D. F., Santana, H. dos S., Marmentini, P., Silva, M. L. da, & Ghesti, G. F. (2018). Avaliação Tecnológica de Catalisadores Ácidos de Lewis Surfactantes/Combinados na Produção de Biodiesel: o caso do catalisador tris-dodecilsulfato de cério (III). Cadernos De Prospecção, 11(4), 1069. https://doi.org/10.9771/cp.v11i4.27110

Edição

Seção

Prospecções Tecnológicas de Assuntos Específicos