Reinventando Modos de Trabalho na Agricultura Mecanizada: desenvolvimento de um novo produto para tratores com aumento da eficiência produtiva e melhoria da qualidade de vida no trabalho

Autores

  • Illyushin Zaak Saraiva Instituto Federal Catarinense, Luzerna, SC, Brasil http://orcid.org/0000-0001-8818-8084
  • Vanderleia Machado Barros Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava, PR, Brasil
  • Bruna do Amaral Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava, PR, Brasil
  • Thiago Luiz Guerreiro Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava, PR, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v12i5.26502

Palavras-chave:

Mercado Brasileiro de Tratores Agrícolas, Engates para Trator, Inovação.

Resumo

O mercado brasileiro de tratores e implementos agrícolas é atualmente o 4º maior do mundo, com 41 mil unidades de tratores novos vendidos no Brasil em 2017, quando o fabricante John Deere ultrapassou pela primeira vez seu grande concorrente Massey Ferguson, demonstrando forte competitividade. As inovações tecnológicas do setor estão presentes não somente nos tratores, mas também nos seus implementos, com a holding Deere & Company detendo sozinha mais de 1.800 pedidos de patentes de implementos agrícolas no Brasil, o que evidencia o gigantismo desse mercado. Um ponto de melhoria verificado trata-se dos mecanismos de engate para trator e implemento, de difícil operação, que demandam esforço físico intenso e repetitivo dos agricultores. Este estudo prospectivo com dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA), do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (WIPO), cujo objetivo foi analisar a viabilidade de novos sistemas de engate para tratores agrícolas, verificou a viabilidade do desenvolvimento de novos dispositivos que superem os mecanismos atualmente existentes.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Illyushin Zaak Saraiva, Instituto Federal Catarinense, Luzerna, SC, Brasil

Especialista em Educação Empreendora pela UFSJ

Bacharel em Administração pela UFJF

Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico

Vanderleia Machado Barros, Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava, PR, Brasil

Bacharel em Administração

Aluna do Programa de Pós-Graduação em Propriedade Intelectural e transferência de Tecnologia para Inovacção - Mestrado

Bruna do Amaral, Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava, PR, Brasil

Bacharel em Administração

Aluna do Programa de Pós-Graduação em Propriedade Intelectural e transferência de Tecnologia para Inovacção - Mestrado

Thiago Luiz Guerreiro, Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava, PR, Brasil

Bacharel em Engenharia Química

Aluno do Programa de Pós-Graduação em Propriedade Intelectural e transferência de Tecnologia para Inovacção - Mestrado

Referências

ALONÇO, A. dos S. Metodologia de projeto para a concepção de máquinas agrícolas seguras. 2004. 221 f. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Centro Tecnológico, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/86926>. Acesso em: 6 jul. 2018.

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS FABRICANTES DE VEÍCULOS AUTOMOTORES (ANFAVEA). Anuário da indústria automobilística brasileira 2018. São Paulo: Vira Página, 2018. 152 p. Disponível em: . Acesso em: 6 jul. 2018.

BERNARDES, F. De cada US$ 100 que o Brasil embolsou em 2017, mais de US$ 40 vieram do agro. 2018. Disponível em: <https://www.gazetadopovo.com.br/agronegocio/mercado/de-cada-us-100-que-o-brasil-embolsou-em-2017-mais-de-us-40-vieram-do-agro-3qkxguxeokhobo1p2lyvo13f>. Acesso em: 6 jul. 2018.

CÉLERES. Evolução da frota brasileira de tratores agrícolas por tempo de uso do veículo, em mil unidades. 2014. Disponível em: <http://www.celeres.com.br/o-setor-de-maquinas-agricolas-no-brasil-evolucao-nos-ultimos-anos-e-perspectivas/http://site.celeres.com.br/wp-content/uploads/2014/11/figura1.jpg>. Acesso em: 6 jul. 2018.

CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM ECONOMIA APLICADA (CEPEA). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz – USP. PIB do Agronegócio BRASIL. 2016. Disponível em: <https://www.cepea.esalq.usp.br/upload/kceditor/files/Relatorio%20PIBAGRO%20Brasil_JULHO.pdf>. Acesso em: 17 abr. 2018.

DEERE & COMPANY (US). SCHAFER, R. A. Engate de Implemento para Trator. PI 7908046, 10 dez. 1979, 19 jul. 1980.

DEPARTAMENTO DE PESQUISAS E ESTUDOS ECONÔMICOS (DEPEC). Bradesco. Tratores e Máquinas Agrícolas. 2017. 47 p. Disponível em: <https://www.economiaemdia.com.br/EconomiaEmDia/pdf/infset_tratores_e_maquinas_agricolas.pdf>. Acesso em: 6 jul. 2018.

FERO, A. O setor de máquinas agrícolas no Brasil: evolução nos últimos anos e perspectivas. 2014. Disponível em: <http://www.celeres.com.br/o-setor-de-maquinas-agricolas-no-brasil-evolucao-nos-ultimos-anos-e-perspectivas/>. Acesso em: 19 abr. 2018.

FURLONG, E. L. (AR). Aperfeiçoamentos no engate trator-reboque aplicáveis a veículos desta espécie. PI 9604143-9, 23 ago. 1996, 26 mai. 1998.

INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL (INPI). Base de dados on-line. [2018]. Disponível em: <https://gru.inpi.gov.br/pePI/jsp/patentes/PatenteSearchBasico.jsp>. Acesso em: 6 jul. 2018.

MASCARENHAS, M. H. T.; ROCHA, F. E. de C. Panorama da Mecanização na Olericultura Brasileira. Inf. Agropec., Belo Horizonte, v. 15, n. 169, p. 5-10, 1991.

SCHLOSSER, J. F. et al. Caracterização dos acidentes com tratores agrícolas. Ciência Rural [on-line], v. 32, n. 6, p. 977-981, nov./dez. 2002. Disponível em: <http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=33132610>. Acesso em: 6 jul. 2018.

TEIXEIRA, S. S. et al. Caracterização da Produção Agroecológica do Sul do Rio Grande do Sul e sua Relação com a Mecanização Agrícola. Engenharia Agrícola, [S.l.], v. 29. n. 1, p. 162-171. jan./mar. 2009. Disponível em: . Acesso em: 6 jul. 2018.

TOSI, M. Após 50 anos, mercado de tratores do País tem nova marca: Massey Ferguson foi ultrapassada pela John Deere e pela New Holland no número de tratores fabricados no Brasil.

Disponível em: <https://www.gazetadopovo.com.br/agronegocio/mercado/apos-50-anos-mercado-de-tratores-do-pais-tem-nova-marca-lider-a5u4ul1sr1rbj9tcuhim2ml5z>. Acesso em: 6 jul 2018.

VIAN, C. E. de F.; ANDRADE JR., A. M. Evolução Histórica da Indústria de Máquinas Agrícolas no Mundo: Origens e Tendências. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL: TECNOLOGIA, DESENVOLVIMENTO E INTEGRAÇÃO SOCIAL, 48., Campo Grande, 25 a 28 de julho de 2010. Anais... Campo Grande: [s.n.], 2010. Disponível em: . Acesso em: 6 jul. 2018.

VILELA, N. J.; AMARO, G. B. As Hortaliças no Agronegócio Brasileiro. In: SIMPÓSIO DO NOROESTE MINEIRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS, 2., e SEMANA ACADÊMICA DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS, Unaí, MG, 1., 7 de out. 2016. Slides... Disponível em: <https://www.slideshare.net/NirleneJunqueiraVile/participao-das-hortalias-agronegcio-una-07-10-2016-modo-de-compatibilidade>. Acesso em: 18 abr. 2018.

WORLD INTELLECTUAL PROPERTY ORGANIZATION (WIPO). PATENTSCOPE: base de dados on-line. [2018]. Disponível em: <https://patentscope.wipo.int/search/pt/search.jsf>. Acesso em: 6 jul. 2018.

Downloads

Publicado

2018-12-10

Como Citar

Zaak Saraiva, I., Barros, V. M., Amaral, B. do, & Guerreiro, T. L. (2018). Reinventando Modos de Trabalho na Agricultura Mecanizada: desenvolvimento de um novo produto para tratores com aumento da eficiência produtiva e melhoria da qualidade de vida no trabalho. Cadernos De Prospecção, 11(5), 1672. https://doi.org/10.9771/cp.v12i5.26502

Edição

Seção

Prospecções Tecnológicas de Assuntos Específicos