Análise preditiva de ocorrências de incêndios no bioma amazônico do Maranhão

Autores

  • Yata Anderson Gonzaga Masullo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos

DOI:

https://doi.org/10.9771/geo.v14i2.28097

Palavras-chave:

Incêndios, Bioma Amazônico, Maranhão

Resumo

A presente pesquisa foi desenvolvida com a finalidade de analisar a incidência espaço-temporal das ocorrências de queimadas no bioma amazônico do Maranhão, com intuito de propor o desenvolvimento de um modelo preditivo de rápida aplicação com base nos dados fornecidos pelo Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais - INPE. O estudo consistiu na sobreposição de pontos de queimadas no bioma amazônico do Maranhão entre 1999 e 2017, risco de fogo - RF observado, dias sem chuvas registrados, além da potência radiativa da ocorrência - FRP, através da Krigagem. Com base no modelo proposto, foi possível identificar que 37,4% do bioma amazônico do Maranhão possuem risco mínimo/baixo, enquanto que 55,3% estão na faixa de risco moderado/alto e 7,3% são áreas que possuem nível crítico. Assim, a presente pesquisa buscou contribuir com as discussões ligadas à construção de políticas públicas, que possibilitem a real mitigação do risco de incêndios a partir das singularidades territoriais do bioma amazônico do Maranhão.

Biografia do Autor

Yata Anderson Gonzaga Masullo, Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos

Doutorando em Geografia pela Universidade de Brasília - UNB.

Downloads

Publicado

2018-12-19

Como Citar

Gonzaga Masullo, Y. A. (2018). Análise preditiva de ocorrências de incêndios no bioma amazônico do Maranhão. GeoTextos, 14(2). https://doi.org/10.9771/geo.v14i2.28097

Edição

Seção

Artigos