A COMUNICAÇÃO NA PROMOÇÃO DA DIGNIDADE EM CUIDADOS PALIATIVOS: DESAFIOS PARA A ENFERMAGEM

Bruno Miguel Freire Monho, Inês Margarida Peralta Ferreira, Mariana Ferreira Bernardino Ribeiro, Tânia Sofia Cardoso Alves, Maria Deolinda Antunes da Luz Lopes Dias Maurício

Resumo


Objetivo: compreender a influência da comunicação enquanto instrumento básico de Enfermagem na promoção da dignidade em Cuidados Paliativos. Método: reflexão teórica mediante revisão da literatura e com recurso ao Modelo da Dignidade de Chochinov. A pesquisa de artigos científicos foi realizada na biblioteca do conhecimento online, na base de dados das publicações Elsevier e na plataforma agregadora de bases de dados EBSCO Host Web, publicados durante o período 2010-2016. Resultados: identificou-se intervenções associadas às competências comunicacionais dos enfermeiros que promovem a dignidade dos clientes em cuidados paliativos. As intervenções comunicacionais que mais promovem a dignidade são as que transmitem ao cliente paliativo o respeito pela sua individualidade e valorização da sua história pessoal. Conclusão: o enfermeiro deve adotar uma postura de compreensão empática, escuta ativa, disponibilidade, atenção às necessidades emocionais, aos componentes não verbais (como a presença física e o contacto visual), à gestão de expectativas e o incentivo do autocuidado.

Descritores: Enfermagem. Cuidados Paliativos. Comunicação. Dignidade Humana.


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v35.34788

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt