Orientações de práticas arquivísticas para instituições de saúde na cidade de João Pessoa–PB

Autores

Palavras-chave:

Extensão universitária, Orientações arquivísticas, Instituições de saúde, Gestão documental

Resumo

Objetiva-se apresentar um relato das atividades desenvolvidas pelo projeto de extensão “Orientações de Práticas Arquivísticas para Instituições de Saúde na Cidade de João Pessoa -OPAIS”. Metodologicamente, quanto aos objetivos, a pesquisa é descritiva, de abordagem qualitativa. Discute-se sobre os documentos na área da saúde, sobre ações extensionista e sobre atividades desenvolvidas pelo projeto OPAIS. Conclui-se que os resultados do projeto OPAIS estão em fases iniciais, por meio das parcerias com instituições e da estruturação das orientações focadas na gestão, nas políticas e nas decisões que contemplam assuntos relativos à produção, ao uso e à preservação dos documentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Cláudia Cruz Córdula, Universidade Federal da Paraíba - UFPB


Docente do Departamento de Ciência da Informação. Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Doutora em Ciência da Informação pela UFPB. Orcid: https://orcid.org/0000-0001-6641-5557

Jefferson Higino da Silva, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Graduado em Arquivologia pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Orcid: https://orcid.org/0000-0003-0406-280X

Carla Maria de Almeida, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Doutoranda em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Orcid:
https://orcid.org/0000-0001-7663-3224

Bruno Antônio Ferreira da Silva, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Graduando em Arquivologia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Orcid: https://orcid.org/0000-0002-5121-1794

Referências

BAHIA, E. M. S. B. Conhecimento, Inovação e Documentação em Unidades de Saúde. Biblos:Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação,v.30, n.1, p.142-155, 2016. Disponível em: https://periodicos. furg.br/biblos/article/view/6293. Acesso em: 10 ago. 2020.

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA. Resolução de n.1.638, de 09 de agosto de 2002. Define prontuário médico e torna obrigatória a criação da Comissão de Revisão de Prontuários nas instituições de saúde. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, p. 184-185, 09 ago. 2002.

DESLANDES, M. S. S.; ARANTES, A. R. A extensão universitária como meio de transformação social e profissional. Sinapse Múltipla, Betim, v. 6, n. 2, dez., p. 179-183, 2017. Disponível em:http://periodicos.pucminas.br/index.php/sinapsemultipla. Acesso em: 30 jul. 2020.

FRANÇA, P. Z. P. Reestruturação do serviço de arquivo médico e estatística do Centro Municipal de Referência em Saúde Leonard Mozart da Prefeitura Municipal de Cabedelo.Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Graduação em Arquivologia) –Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2014. 58f.

LIMA, G. L. Q.; OLIVEIRA, L. A. F. ; MATOS, M. T. N. B. ; PEREIRA, H. B. B. ; CUNHA, F. J. A. P.A importância das espécies e tipologias documentais para a mediação dos procedimentos assistenciais e administrativos nos organismos produtores de serviços de atenção à saúde. Revista de Saúde Digital e Tecnologias Educacionais -RESDITE, v. 3, p. 4-17, 2018.

PINTO, V. B.; SOARES, M. E. (Org.). Informação para área da saúde:prontuário do paciente, ontologia de imagem, terminologia, legislação e gerenciamento eletrônico de documentos. Fortaleza: Edições UFC, 2010.

SARAIVA, J. L. Papel da Extensão Universitária na Formação de Estudantes e Professores. Brasília Médica, Brasília, v. 44, n. 3, p. 220-225, 2007. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-496083 Acesso em: 20 jul. 2020.

Downloads

Publicado

2023-12-29

Como Citar

CÓRDULA, A. C. C.; SILVA, J. H. da; ALMEIDA, C. M. de; SILVA, B. A. F. da. Orientações de práticas arquivísticas para instituições de saúde na cidade de João Pessoa–PB. Revista Fontes Documentais, [S. l.], v. 3, n. Ed. Especial, p. 58–65, 2023. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/RFD/article/view/57873. Acesso em: 19 abr. 2024.

Edição

Seção

COMUNICAÇÕES: A incumbência da informação na prestabilidade da saúde na pandemia

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)