Implicações do BSC nas práticas cotidianas que envolvem a gestão de pessoas: estudo de caso em uma instituição de educação profissional

Authors

  • Robson Malacarne Instituto Federal do Espírito Santo
  • Moisés Balassiano FUCAPE Business School
  • Valcemiro Nossa FUCAPE Business School

Abstract

Uma lacuna ainda presente na literatura diz respeito à forma como as pessoas reagem às pressões para o alcance das metas estabelecidas pelo Balanced Scorecard – BSC nas organizações. O presente artigo avalia e discute a repercussão da ênfase das questões objetivas na relação da empresa com seus colaboradores, a partir da análise do processo no qual o BSC gera implicações nas práticas cotidianas que envolvem a gestão de pessoas. A discussão teórica se faz com base nas representações sociais das práticas de gestão de pessoas enquanto a avaliação das implicações segue a abordagem preconizada por Pagès et al. (1987) sobre o exercício do poder nas organizações. A legitimação teórica é feita por meio do estudo de caso de uma instituição de educação profissional com recente experiência na implantação do BSC, tendo os dados sido tratados com base em proposições teóricas, resultado da revisão bibliográfica e de interpretações da pesquisa. 

 

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Robson Malacarne, Instituto Federal do Espírito Santo

Doutor em Administração de Empresas

Moisés Balassiano, FUCAPE Business School

PhD em Psicologia Quantitativa

Valcemiro Nossa, FUCAPE Business School

Doutor em Controladoria e Contabilidade

Published

2016-06-28

How to Cite

1.
Malacarne R, Balassiano M, Nossa V. Implicações do BSC nas práticas cotidianas que envolvem a gestão de pessoas: estudo de caso em uma instituição de educação profissional. Organ. Soc. [Internet]. 2016Jun.28 [cited 2022Nov.30];23(78). Available from: https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaoes/article/view/12713

Issue

Section

Articles