O PROCESSO DE REFLEXIVIDADE

Autores

  • Henri Pierre Jeudy

Resumo

Na Europa, poderíamos interpretar o fervor contemporâneo pelo culto do passado como um meio de exorcizar essa ameaça permanente que recai sobre o homem moderno: a possibilidade de perder o sentido de sua própria continuidade. A conservação se toma uma "questão urgente" e sua aceleração tende a fazer do próprio presente um patrimônio potencial, prioritariamente percebido na perspectiva da perda. O que é que predispõe à seleção na conservação patrimonial? O princípio de reflexividade permite crer que, contra o risco de esquecimento, as escolhas da conservação patrimonial não podem ser arbitrárias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-15

Como Citar

Pierre Jeudy, H. (2008). O PROCESSO DE REFLEXIVIDADE. RUA: Revista De Arquitetura E Urbanismo, 6(1). Recuperado de https://periodicos.ufba.br/index.php/rua/article/view/3228

Edição

Seção

Artigos