A RESTAURAÇÃO ARQUITETÔNICA ENTRE O PASSADO E O PRESENTE

Autores

  • Paulo Ormindo de Azevedo

Resumo

É preciso compreender que a arquitetura, quando perde seu uso social, transforma em arqueologia. Por isso, a conservação do monumento depende, primordialmente, da função. Os monumentos da Antiguidade que chegaram até nós íntegros foram aqueles que mantiveram uma função social continuada, (entre outros o Pánteon de Roma e a igreja de Santa Sofia, em Constantinopla). Portanto, um dos atributos principais da restauração arquitetônica, em qualquer época, é a reintegração do monumento na vida sócio-cultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-15

Como Citar

Azevedo, P. O. de. (2008). A RESTAURAÇÃO ARQUITETÔNICA ENTRE O PASSADO E O PRESENTE. RUA: Revista De Arquitetura E Urbanismo, 6(1). Recuperado de https://periodicos.ufba.br/index.php/rua/article/view/3226

Edição

Seção

Artigos