As cidades indizíveis: as dificuldades da convivência urbana expressas através do cinema no início do século XXI

Autores

  • Eliana Kuster

Resumo

O assunto principal deste artigo são as formas e as possibilidades – assim como as impossibilidades – do convívio nas cidades no século XXI. Como estão sendo feitos os novos acordos que possibilitam à vida urbana continuar seu rumo? E quais são os principais pontos de aspereza, onde não há acordo possível, e as desigualdades explodem, assumindo as formas da violência, do medo, da revolta, da perversão? Dentre as várias formas que poderíamos selecionar para abordagem deste tema, a produção cinematográfica contemporânea é uma das que mais chama a atenção. A primeira década do século está sendo profícua em filmes que abordam estes perigos existenciais, em especial as dificuldades de conviver com o outro, de conseguir dividir o mesmo espaço – o da cidade – com interesses divergentes e conflitantes. Foram escolhidos quatro filmes de diversos países que tratam das diferenças das sociedades. Eles nos mostram que este tema é global, o que varia são as formas através das quais expressá-lo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-10-07

Como Citar

Kuster, E. (2008). As cidades indizíveis: as dificuldades da convivência urbana expressas através do cinema no início do século XXI. Revista De Urbanismo E Arquitetura, 7(2). Recuperado de https://periodicos.ufba.br/index.php/rua/article/view/3170

Edição

Seção

Artigos