Management techniques and organizational silencing: a manager’s account

Authors

Keywords:

Life story. Management Techniques. Organizational silence. Organizational silencing. Managerial Function.

Abstract

This study analyzes the changes in the relations established in the work environment conditioned by the implementation of management techniques characterizing a Toyotist model and that produced the phenomenon of organizational silence. The story of a financial system worker was used as a guide for structuring our argument. Observations and documents mediated the understanding of the individual story along with the general social relations. Guided by the categories singularity, particularity and universality, we established the links among the worker’s situation, the company’s management
techniques and the productive restructuring movement. The results show that the various management techniques were means of silencing built up throughout the worker’s career, as frustrations accumulated and the needs of the work
process changed. What in the life of a manager is frustration and silence, in the totalization movement are changes in the being manager marked by the emptying of planning and controlling functions.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Marcos Moura-Paula, Instituição: Federal University of Minas Gerais (UFMG)

Master’s in Management from UFMG

Researcher at NEC-TraMa/Cepead /CAD/Face/UFMG

 

Patrícia Aparecida Abreu Moreira, Federal University of Minas Gerais (UFMG)

Master’s in Management from UFMG

Researcher at NEC-TraMa/Cepead /CAD/Face/UFMG


Deise Luiza da Silva Ferraz, UFMG

Doutora, Mestra e Bacharela em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com um período de estágio-doutoral no Centro de Investigação em Sociologia Econômica e das Organizações (SOCIUS) do Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa. Professora Adjunta no Departamento de Ciências Administrativas e Professora Permanente do Centro de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração - Cepead - da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais. Pesquisadora Mineira FAPEMIG. Tutora no Programa de Educação Tutorial. Coordenadora do Núcleo de Estudos Críticos Trabalho e Marxologia (NEC-TraMa). Pesquisadora dos seguintes grupos de pesquisa: SOCIUS (ISEG/UTL), Economia Política do Poder em Estudos Organizacionais (UFPR/CAPES) e Trama: Trabalho e Marxismo (UFJF/CAPES). Coordenadora de Projetos de Pesquisas financiados por órgãos nacionais de fomento (CNPq, Capes e Ipea) e por órgãos estaduais (Fapemig). Autora de artigos publicados em livros, em congressos nacionais e internacionais e em periódicos Qualis. Líder do Tema 05 - Estudos Críticos e Práticas Transformadoras em Organizações da Área de Estudos Organizacionais da ANPAD. Líder do Grupo de Trabalho Subjetividade, Trabalho e Poder na Associação Nacional de Pesquisadores em Estudos Organizacionais. Organizadora do livro Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho publicado pela editora Atlas em 2011 e do Livro Gestão de Pessoas: Armadilhas da Organização do Trabalho publicado pela Editora Atlas em 2014. Trabalha com as seguintes áreas científicas: Administração, Sociologia, Psicologia e Economia Política. Temas atuais de interesse: Consciência de Classe, Objetividade-Subjetividade, Marxologia, Materialismo Histórico Dialético, Ciência e Ideologia, Políticas Públicas

Published

2020-06-02

How to Cite

1.
Moura-Paula M, Moreira PAA, Ferraz DL da S. Management techniques and organizational silencing: a manager’s account. Organ. Soc. [Internet]. 2020Jun.2 [cited 2024Feb.21];27(93). Available from: https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaoes/article/view/24616

Issue

Section

Articles