O Entendimento da Contabilidade Gerencial sob a Ótica da Teoria Institucional

Authors

  • Reinaldo Guerreiro
  • Fábio Frezatti
  • Alexsandro Broedel Lopes
  • Carlos Alberto Pereira

Abstract

Este trabalho tem como objetivo refletir sobre o paradoxo da estabilidade dos sistemas de contabilidade gerencial, ou seja, sobre as razões pelas quais as organizações, na prática, utilizam muito pouco a base conceitual disponível na teoria. A base conceitual da teoria da contabilidade gerencial é fundamentada na teoria neoclássica da firma, cujos pressupostos básicos são: (i) a maximização racional dos agentes econômicos e (ii) o equilíbrio geral proporcionado pelas forças de mercado. O estudo de caráter teórico apresenta críticas à teoria neoclássica e demonstra que, segundo a abordagem da denominada velha economia institucional (OIE – old institutional economics), a contabilidade gerencial praticada pelas empresas é uma instituição formada a partir de hábitos e rotinas que dão sentido aos relacionamentos dos grupos da organização. O estudo indica que as organizações não utilizam em larga escala as novas abordagens de contabilidade gerencial porque os processos de institucionalização dos novos conceitos efetivamente não ocorreram.

Downloads

Download data is not yet available.

How to Cite

1.
Guerreiro R, Frezatti F, Lopes AB, Pereira CA. O Entendimento da Contabilidade Gerencial sob a Ótica da Teoria Institucional. Organ. Soc. [Internet]. 2014Jun.4 [cited 2024May22];12(35). Available from: https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaoes/article/view/10806

Issue

Section

Articles