PROPAGAÇÃO DE INFECÇÃO ODONTOGÊNICA PARA ESPAÇOS CERVICAIS: RELATO DE CASO

Autores

  • Vildeman Rodrigues de Almeida Júnior
  • Sanyra Lopes Dias
  • Renata Moura Xavier Dantas
  • Thiago Felippe Oliveira de Macedo
  • Diego Tosta Silva
  • Rodrigo Tavares Bonfim

DOI:

https://doi.org/10.9771/revfo.v42i1.14772

Resumo

As celulites fasciais são infecções graves, de rápida progressão, que devem ser tratadas com imediatismo, pois podem levar o paciente a desenvolver sérias complicações, ou até mesmo, óbito. Objetivo:o objetivo do presente trabalho foi discutir a propagação das infecções odontogênicas para os espaços cervicais, e sua conduta terapêutica, através de um relato de caso clínico. Descriçãodo caso:Paciente, gênero feminino, 15 anos de idade, compareceu ao Serviço de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial do Hospital Geral do Estado, Salvador-BA, cursando com quadro infeccioso há aproximadamente 10 dias. Clinicamente apresentava face toxêmica, trismo, disfagia, odinofagia, au- mento de volume em terço inferior de face, de consistência endurecida e sem limites definidos. Ao exame intraoral observou-se presença de resto radicular da unidade 16, com drenagem de secreção purulenta em sulco gengival. O exame imaginológico evidenciou imagem compatível com processo infeccio- so no espaço bucal e submandibular direitos, submentoniano e parafaríngeo bilateral, sem comprometimento de vias aéreas. O tratamento consistiu em antibioticoterapia intravenosa, monitoramento dos sinais vitais, hidratação, drenagem dos espaços faciais e exodontia da unidade dentária envolvida. A paciente apresentou resposta satisfatória à terapia, com regressão total do processo infeccioso. Conclusão: O protocolo de atendimento deve ser rigoroso e o mais precoce possível, baseado em quatro princípios básicos: drenagem cirúrgica eficiente, antibioticoterapia de amplo espectro, remoção do agente causal, e estabilização do paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2018-03-16

Como Citar

Júnior, V. R. de A., Dias, S. L., Dantas, R. M. X., de Macedo, T. F. O., Silva, D. T., & Bonfim, R. T. (2018). PROPAGAÇÃO DE INFECÇÃO ODONTOGÊNICA PARA ESPAÇOS CERVICAIS: RELATO DE CASO. Revista Da Faculdade De Odontologia Da Universidade Federal Da Bahia, 42(1). https://doi.org/10.9771/revfo.v42i1.14772

Edição

Seção

Relatos de Casos Clínicos/ Cases Report