MEMORIAL DE TÍTULOS PROFA. DRA. ALDA BRITTO DA MOTTA

OUTORGA DO TÍTULO DE PROFESSORA EMÉRITA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

Autores

  • Cecília Sardenberg PPGNEIM/UFBA

DOI:

https://doi.org/10.9771/rf.v11i1.54632

Palavras-chave:

professora emérita, Alda Britto da Motta, memorial de títulos

Resumo

Este memorial tem por objetivo apoiar a outorga do título de Professora Emérita da Universidade Federal da Bahia à Professora Doutora Alda Britto da Motta, Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo (PPGNEIM/FFCH/UFBA) e Pesquisadora do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher (NEIM/FFCH/UFBA). Sua longa e intensa dedicação ao ensino, pesquisa e atividades de extensão na FFCH, particularmente no NEIM, do qual é uma das fundadoras, em muito a qualificam para esse honroso título.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cecília Sardenberg, PPGNEIM/UFBA

Antropóloga, Professora Titular do Departamento de Antropologia (aposentada) e credenciada como Professora Permanente de Teoria Feminista do Programa de Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismos - PPGNEIM, da Universidade Federal da Bahia- UFBA, tendo atuado também como Professora Permanente credenciada nos Programas Pós-Graduação em Antropologia e Pós-Graduação em Ciências Sociais. Obteve o Bacharelado em Antropologia Cultural na Illinois State University (1977), Mestrado em Antropologia Social na Boston University (1981), Doutorado em Antropologia Social, Boston University (1997) e Estágio Pós-Doutoral como Visiting Fellow no Institute of Development Studies (IDS), University of Sussex, Inglaterra (2003; 2005; 2013). É uma das fundadoras e atual Pesquisadora Permanente do NEIM-Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher, e sócia-fundadora da REDOR - Rede Feminista Norte e Nordeste de Estudos sobre Mulheres e Relações de Gênero, tendo servido também como sua coordenadora. Faz parte do Coletivo Editorial da Revista Feminismos e integra o Comitê de Gênero e Sexualidade da Associação Brasileira de Antropologia-ABA, com interesses voltados principalmente para: antropologia feminista, antropologia da democracia e do desenvolvimento, estudos feministas, feminismo e políticas públicas, violência de gênero contra mulheres, gênero e desenvolvimento, e gênero e corpo.

Referências

PRINCIPAIS TRABALHOS DE ALDA BRITTO DA MOTTA

BRITTO DA MOTTA, Alda, Visão de Mundo da Empregada Doméstica. Dissertação apresentada ao Mestrado em Ciências Humanas, UFBA, 1977.Salvador, Bahia, mimeo.

BRITTO DA MOTTA, Alda; Zaíde MACHADO NETO. Tempo de mulher – tempo de trabalho entre mulheres proletárias em Salvador. Ciência e Cultura, v. 37, n. 9, 1985.

BRITTO DA MOTTA, Alda. Emprego doméstico masculino. In: ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 7, Águas de São Pedro (mimeo). 1984

BRITTO DA MOTTA, Alda. Emprego doméstico no capitalismo: o caso de Salvador. Cadernos do NEIM. Salvador, n. 2. 1985.

BRITTO DA MOTTA, Alda. A Relação Impossível. In: Hardman, Francisco: et al. (Orgs.). Relações de Trabalho e Relações de Poder: Mudanças e Permanências. 1ed.Fortaleza - CE: , 1986, v. 1, p. 229-238.

BRITTO DA MOTTA, Alda. Associations of Domestic Servants: case of Bahia, Brazil. In: Third International Interdisciplinary Congress on Women, 1987, Dublin - Irlanda.

BRITTO DA MOTTA, Alda. Gênero e Trabalho Doméstico: homens na área de serviço In: ORTIZ, Renato (org.) Modernidade e Pobreza - As Ciências Sociais dos Anos 90.1 ed. Recife: FUNDAJ, 1991, v.1, p. 371-384

BRITTO DA MOTTA, Alda; CARVALHO, Inaiá. Familiarizando (-se com) o público e politizando o privado. in: Teresa Ximenes (org.), Novos paradigmas e realidade brasileira. Belém-Pará, 1993, v., p. 414-426.

BRITTO DA MOTTA, Alda. Não tá morto quem peleia (a pedagogia inesperada nos grupos de idosos). 1999a. Tese de Doutorado/PPGE- UFBA.

BRITTO DA MOTTA, Alda. La dimension du genre dans l’ analyse du vieillissement: le cas du Brésil. Temporalités du social et sexuation. Cahiers du Genre, v. 1, n. 24, p. 115-134, 1999b.

BRITTO DA MOTTA, Alda; SARDENBERG, Cecília; GOMES, Marcia (orgs.). Um diálogo com Simone de Beauvoir e outras falas. Salvador: NEIM/EDUFBA, Coleção Bahianas, 2000.

BRITTO DA MOTTA, Alda; AZEVEDO, E. L. (Org.) ; GOMES, M. Q. C. (Orgs.) Reparando a falta: Dinâmica de Gênero em Perspectiva Geracional. 1ª. ed. Salvador, 2005. V. 1.

BRITTO DA MOTTA, Alda. Aproximações teóricas em análises de relações de gênero e entre gerações: o caso das violências contra a mulher idosa. In: Joanildo A. Burity; Cibele Maria L. Rodrigues; Marcondes de A. Secundino. (Orgs.). Desigualdades e Justiça Social: Diferenças Culturais & Políticas de Identidade. 1ªed.Belo Horizonte: Argumentum Editora Ltda, 2010a, v. 2, p. 85-102

BRITTO DA MOTTA, Alda e WELLER, Wivian. A atualidade do conceito de gerações. Sociedade e Estado, v. 25, n. 2, p.175-184, 2010b.

BRITTO DA MOTTA, Alda. Mulheres entre o cuidado dos velhos e a reprodução dos jovens em famílias no Brasil. Ex Aequo (Oeiras), v. 26, p. 68-84, 2012.

BRITTO DA MOTTA, Alda. Vivendo a longevidade: centenários em Salvador. In: Sueli Souza dos Santos, Sergio Antonio Carlos. (Orgs.). Envelhecendo com apetite pela vida. 1ªed.Petrópolis: Editora Vozes, 2013a, v., p. 63-81.

BRITTO DA MOTTA, Alda. Violências específicas aos idosos. Sinais Sociais, v. 8, p. 63-85, 2013b.

BRITTO DA MOTTA, Alda. Violência Contra a mulher idosa. In: Elisabete Fleury. (Org.). Dicionário Feminino da Infâmia. 1ed.: , 2015, v. , p. 220-.

BRITTO DA MOTTA, Alda. Families of Centenarians. Vibrant, v. 13, p. 55-70, 2016.

BRITTO DA MOTTA, Alda. Idade E Solidão: a velhice das mulheres. Revista Feminismos, v. 6, p. 88-96, 2018

BRITTO DA MOTTA, Alda. Famílias de Centenários no Brasil: Gênero e Relações de Família. In: Lucía Monteiro; Mariana Paredes. (Orgs.). Desde la niñez a la vejez: nuevos desafíos para la comprension de la sociologia de las edades. 1ed.Buenos Aires: Teseo, 2019, v., p. 299-324.

BRITTO DA MOTTA, Alda. Velhas E Velhos Em Tempos De Pandemia. In: Elaine Pedreira Rabinovich; Sumaia Midlej Pimentel Sá. (Orgs.). Envelhecimento & Velhice Em Tempos De Pandemia. 1ed.Curitiba: CRV, 2020, v. 25, p. 15-26.

OUTRAS REFERÊNCIAS

BALBACHEVSKY, E.. A pós-graduação no Brasil: novos desafios para uma política bem-sucedida. In: BROCK, C.; SCHWARTZMAN, S.. Os desafios da educação no Brasil. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2005

PEIXOTO, Clarice. Alda Britto da Motta. Disponível em: https://www.sbsociologia.com.br/project/alda-britto-da-motta/

SARDENBERG, Cecilia M.B. História e Memória do Feminismo Acadêmico no Brasil: O Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher – NEIM/UFBa. Revista Feminismos, Vol.8, n3, 2020.

Downloads

Publicado

2023-05-25

Como Citar

SARDENBERG, C. . MEMORIAL DE TÍTULOS PROFA. DRA. ALDA BRITTO DA MOTTA: OUTORGA DO TÍTULO DE PROFESSORA EMÉRITA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA. Revista Feminismos, [S. l.], v. 11, n. 1, 2023. DOI: 10.9771/rf.v11i1.54632. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/feminismos/article/view/54632. Acesso em: 21 jul. 2024.