Travessias em poéticas virais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/rf.v10i1.45597

Resumo

Quantos afetos são vividos por um corpo em territórios pandêmicos? Lutos e lutas pela preservação da vida em resistências e re-existências. Travessias… Este é um texto sobre travessias. Na verdade, as próprias escritas são parte da travessia. Aqui componho um arquivo de poéticas virais que percorrem a minha travessia pelos territórios pandêmicos. Assim, reuni treze escritas-poéticas que se fizeram de forma livre em diferentes momentos da pandemia de covid-19, dando vazão aos afetos que em meu corpo pediam passagem.  


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago Amaral Sales, Universidade Federal de Uberlândia

Licenciado e Bacharel em Ciências Biológicas, Mestre em Educação e Doutorando em Educação no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Integrante do UIVO – Criação, arte e vida (UFU); e do GPECS – Gênero, corpo, sexualidade e educação (UFU). Bolsista CAPES. E-mail: tiagoamaralsales@gmail.com

Referências

DIAZ, Santiago. Contra-pedagogia do contágio. Ecos: Estudos Contemporâneos da Subjetividade, v. 2, n. 10, p. 169-172, 2020.

MACHADO, Renata de Morais. “Velório express”: um olhar etnográfico sobre ritual fúnebre na pandemia do covid-19. Revista M. Estudos sobre a morte, os mortos e o morrer, Rio de Janeiro, v. 6, n. 11, p. 270–274, 2021. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/revistam/article/view/10823. Acesso em: 30 jul. 2021.

MBEMBE, Achille. NECROPOLÍTICA: biopoder, soberania, estado de exceção, política da morte. São Paulo: N-1 Edições, 2018. 71 p.

PESSOA, Fernando. Livro do desassossego. 2º ed. Jandira: Ciranda Cultural Editora e Distribuidora Ltda., 2019. 364 p.

PRECIADO, Paul B.. Um apartamento em Urano: crônicas da travessia. Rio de Janeiro: Zahar, 2020. 317 p.

ROLNIK, Suely. Esferas da insurreição: notas para uma vida não cafetinada. 2. ed. São Paulo: N-1 Edições, 2018. 208 p.

ROLNIK, Suely. Pensamento, corpo e devir: uma perspectiva ético/estético/política no trabalho acadêmico. Cadernos de subjetividade, São Paulo, v. 1, n. 2, p. 241-251, 1993b.

SALES, Tiago Amaral; ESTEVINHO, Lúcia de Fátima Dinelli. Cartografias de vida-e-morte em territórios pandêmicos:: marcas-ferida, necro-bio-políticas e linhas de fuga. Revista M. Estudos sobre a morte, os mortos e o morrer, Rio de Janeiro, v. 6, n. 11, p. 275–293, 2021. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/revistam/article/view/10487. Acesso em: 30 jul. 2021.

SANTOS, Boaventura de Sousa. A Cruel Pedagogia do Vírus. Coimbra: Edições Almedina, 2020. 32 p.

Downloads

Publicado

2022-07-01

Como Citar

SALES, T. A. Travessias em poéticas virais. Revista Feminismos, [S. l.], v. 10, n. 1, 2022. DOI: 10.9771/rf.v10i1.45597. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/feminismos/article/view/45597. Acesso em: 25 set. 2022.

Edição

Seção

Artes de mulher