(Re)existindo

Autores

  • Tatiana Farias de Jesus Universidade Federal da Bahia/ Programa de Pós Graduação em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo. https://orcid.org/0000-0002-4294-7433

DOI:

https://doi.org/10.9771/rf.v10i1.42593

Resumo

O presente artigo aborda dimensões pessoais e coletivas do cuidado em tempos de pandemia do coronavirus, enfatizando as especificidades relativas à experiência de mulheres que tem atravessado questões como: a sobrecarga com o trabalho doméstico, atenção aos filhos e demais familiares, excessivas atividades de homeoffice, além da produção acadêmica. Esta última tem sido duramente impactada por todas as demandas citadas reiterando marcadores socias, de gênero e raça sobre a vida de mulheres negras, como eu. Nesse momento difícil para a história da humanidade, é fundamental a reflexão sobre o papel de experiências religiosas como o Candomblé, religião de matriz africana, como herança de resistência daquelas/es que buscaram na fé estratégias de sobrevivência para viver num mundo no qual contra sua origem e cor da pele são impostas barreiras para sua condição social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiana Farias de Jesus, Universidade Federal da Bahia/ Programa de Pós Graduação em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo.

EDITAR COMPARTILHAR

Possui graduação em Licenciatura em História pela Universidade Estadual de Feira de Santana (2004). Especialista em História da Bahia pela Universidade Estadual de Feira de Santana(2008). Mestre em Estudos Interdisciplinares Mulheres, Gênero e Feminismo pelo Programa de Pós graduação do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, na Universidade Federal da Bahia(2009) . Lecionou como professora temporária do Instituto Federal da Bahia, Campus Camaçari. Atualmente é docente no Centro Universitário Jorge Amado e professora da Rede municipal de Ensino da cidade de Salvador/Ba. Doutoranda do Programa de Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo.

Downloads

Publicado

2022-07-01

Como Citar

DE JESUS, T. F. (Re)existindo. Revista Feminismos, [S. l.], v. 10, n. 1, 2022. DOI: 10.9771/rf.v10i1.42593. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/feminismos/article/view/42593. Acesso em: 25 set. 2022.

Edição

Seção

DEPOIMENTOS