A PRIMAVERA DAS MULHERES: Ciberfeminismo e os Movimentos Feministas

Autores

  • Zeila Aparecida Pereira Dutra

Resumo

O presente artigo tem como objetivo desenvolver uma discussão teórica sobre Ciberfeminismo e sobre como esse fenômeno é capaz de ressignificar as identidades e promover o (ciber) ativismo feminista, através das mídias sociais, redes sociais e das novas tecnologias da informação. A temática principal está vinculada às campanhas empreendidas pelas mulheres no ano de 2015, "A Primavera Feminista" e a "Primavera Secundarista", identificando esse período de militância, como "Primavera das Mulheres", por ter tido um alcance significativo nas redes sociais e pelo uso das mídias sociais para organizar as manifestações que saíram do espaço virtual, emergindo no concreto. Assim, pretende-se analisar a aliança do feminismo com as novas tecnologias. Quanto ao método de pesquisa utilizado, tratou-se aqui de um estudo baseado na revisão bibliográfica.

Palavras-Chave: ciberativismo; feminismo; identidade; tecnologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-03-20

Como Citar

DUTRA, Z. A. P. A PRIMAVERA DAS MULHERES: Ciberfeminismo e os Movimentos Feministas. Revista Feminismos, [S. l.], v. 6, n. 2, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/feminismos/article/view/30384. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos