Velhice é uma ausência? Uma aproximação aos feminismos e à perspectiva geracional

Autores

  • Carla Gisele Batista
  • Alda Britto da Motta

Resumo

Os movimentos feministas estão permanentemente convocados a pensar a categoria mulheres de forma abrangente, ampliando-a de forma a abarcar a diversidade das brasileiras. Neste texto, com foco na questão geracional, abordaremos a ação dos movimentos em demanda por políticas públicas que beneficiem as mulheres na velhice. Avançaremos sobre a forma como a ação militante da primeira década dos anos 2000 se concretizou na elaboração dos I e II Planos Nacionais de Políticas para as Mulheres, no que se refere a este aspecto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-11-08

Como Citar

BATISTA, C. G.; DA MOTTA, A. B. Velhice é uma ausência? Uma aproximação aos feminismos e à perspectiva geracional. Revista Feminismos, [S. l.], v. 2, n. 1, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/feminismos/article/view/30019. Acesso em: 24 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos