O PROCESSO DE (DES)EMPODERAMENTO DAS MULHERES NA ASSOCIAÇÃO DOS ARTESÃOS DE PORTO NACIONAL

Autores

  • Munique Daniela Maia Oliveira Fundação Universidade Federal do Tocantins
  • Temis Gomes Parente Universidade Federal do Tocantins

Resumo

O presente artigo apresenta um estudo acerca das mulheres da Associação dos Artesãos de Porto Nacional, o qual tem como objetivo analisar o processo de (des) empoderamento dessas mulheres no espaço do empreendimento. Essa associação acolhe parte dos artesãos/as da região, e tem uma maioria composta por mulheres que buscam nas atividades do empreendimento uma possibilidade para melhorar sua situação social e econômica. Nesse sentido, discute-se o empoderamento dentro de uma perspectiva de gênero, o que permite adentrar a realidade das mulheres envolvidas desde à produção até a gestão do empreendimento, de forma a observar a contribuição desse empreendimento em suas vidas. Foi a partir de suas narrativas que se conseguiu identificar na trajetória dessas mulheres, fatores capazes de impulsionar e/ou inibir o empoderamento destas. Por meio de suas falas, percebeu-se que as mulheres que compõem a Associação dos Artesãos de Porto Nacional, apesar de todas as dificuldades enfrentadas para manterem-se atuantes, vêm experienciando as idas e vindas de um processo de empoderamento, proporcionado por altos e baixos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Munique Daniela Maia Oliveira, Fundação Universidade Federal do Tocantins

Temis Gomes Parente, Universidade Federal do Tocantins

Downloads

Publicado

2017-11-15

Como Citar

OLIVEIRA, M. D. M.; PARENTE, T. G. O PROCESSO DE (DES)EMPODERAMENTO DAS MULHERES NA ASSOCIAÇÃO DOS ARTESÃOS DE PORTO NACIONAL. Revista Feminismos, [S. l.], v. 5, n. 1, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/feminismos/article/view/30009. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos