“Negrinhas” e “negrinhos”: visões sobre a criança escrava nas narrativas de viajantes (Brasil, século XIX)

Autores

  • Rafael Domingos Oliveira da Silva

Resumo

A criança escrava é citada, vez ou outra, pela historiografia da
escravidão. Entretanto, só recentemente a questão se tornou objeto de
estudos mais minuciosos, na esteira da História Social. Este artigo se
insere nesta abordagem, a partir da análise de relatos de viajantes que estiveram no Brasil durante o século XIX, sobretudo entre 1808 e 1888,
por meio dos quais se procurou destacar a presença da criança escrava.
Temas como tráfico e comércio de crianças, aleitamento, cotidiano e mortalidade avultam, a fim de revisitar a historiografia sobre o tema.

Downloads

Edição

Seção

Artigos