Voltar aos Detalhes do Artigo Prazer, eu sou arte, meu querido: apontamentos historiogr√°ficos para uma genealogia da travestilidade drag queen Baixar Baixar PDF