PontodeAcesso https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici <p><strong>Pontodeacesso</strong> é uma publicação quadrimestral vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) do Instituto de Ciência da informação (ICI), da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Seu objetivo é tornar acessíveis, livre e gratuitamente trabalhos acadêmicos de pesquisadores nacionais e estrangeiros da comunidade científica, focados em temas no campo de estudos da Informação. Além de artigos, debates e entrevistas, publica resenhas de publicações, de softwares e de modelos de gestão de informação e conhecimento.</p> <p> </p> pt-BR A PontodeAcesso utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto. A revista permite que o autor retenha os direitos de publicação sem restrições. isasousa10@hotmal.com (Maria Isabel de Jesus Souza ) revistapa@ufba.br (Sérgio Franklin Ribeiro da Silva) qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 OJS 3.2.1.4 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 EXPEDIENTE https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47496 Revista PontodeAcesso Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47496 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 TERMINOLOGIA E ESTRUTURA CONCEITUAL https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47464 <p>A introdução da terminologia para representação de assuntos, em detrimento do tradicional cabeçalho de assunto, trouxe a classificação como base para a elaboração de instrumentos semânticos de representação do conhecimento. A Teoria Geral da Terminologia de Wüster, a Teoria de Classificação analítico-sintética de Ranganathan e a Teoria do Conceito de Dahlberg têm em comum o conceito e suas relações que produzem a estrutura sistemática de um domínio, áreas em que predomina a abordagem onomasiológica. As teorias servem para a elaboração de bancos de termos inteligentes e sua aplicação em tesauros, ontologias e terminologias.</p> Hagar Espanha Gomes Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47464 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 SEMIOLOGIA E INFORMÁTICA NA ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47465 <p>Trabalho dedicado às contribuições de Jean-Claude Gardin sobre os aspectos semânticos, lógicos e pragmáticos das pesquisas em Organização do Conhecimento. Gardin é considerado o introdutor da informática às pesquisas do campo das ciências humanas e sociais (nos anos 1950), tendo realizado pesquisas inovadoras, desde a década de 1950 até os anos 2010, sobre a relação entre Semiologia e Informática. Estes tiveram impactos importantes na Europa Ocidental e Oriental, como também no Brasil. A base teórica de Gardin sobre a Análise de Discursos e seu tratamento e simulação computacional repousa na Linguística, na Lógica e no Pragmatismo. Os métodos da Inteligência Artificial tiveram papel decisivo em suas propostas e experimentos. O texto apresenta também as concepções filosóficas que iluminaram seu percurso de pesquisa e conclui com uma síntese de suas teorias e métodos. Apresenta, ainda, uma bibliografia que relaciona suas obras sobre Ciência da Informação e outras áreas.</p> Michely Jabala Mamede Vogel, Nair Yumiko Kobashi Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47465 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 AS CONTRIBUIÇÕES DE DEREK W. LANGRIDGE NA ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47467 <p>O artigo trata do legado de Derek Wilton Langridge para o ensino e a pesquisa no âmbito da organização do conhecimento. Aborda a sua formação acadêmica, atividades profissionais, participação no Classification Research Group de Londres [CRG] e produção científica, destacando as atividades de classificação e indexação e seus reflexos na educação em organização do conhecimento. Abordagem metodológica: levantamento biobibliográfico de Derek Wilton Langridge e a abordagem de comentadores de sua obra por meio do levantamento bibliográfico realizado na BRAPCI e na Scopus. Objetiva destacar a contribuição de Derek Wilton Langridge para o ensino e a pesquisa em organização do conhecimento por citações de suas obras em programas de graduação e de pós-graduação em Biblioteconomia e Ciência da Informação no Brasil. A abordagem metodológica utilizada nos permitiu alcançar resultados que revelam que Langridge contribuiu para a teoria, a prática, o ensino e o desenvolvimento da organização do conhecimento com suas obras seminais bem como para a construção de esquemas de classificação especializados.</p> Marcos Luiz Cavalcanti de Miranda, Rosali Fernandez de Souza Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47467 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 FUNDAMENTOS DA ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47468 <p>A evolução dos Sistemas de Organização do Conhecimento (SOC) tem sido balizada pelos probl<strong>e</strong>mas que a Ciência da Informação/Organização do Conhecimento (CI/OC) se propõe a resolver. Quando a CI surge nos anos 1950-60 o problema era a “explosão da informação”, a proliferação desordenada da literatura científica, endereçado pelos primeiros Sistemas de Recuperação de Informações (SRI) e tesauros voltados para controlar os vocabulários usados para consultar estes sistemas. O problema atual, mais abrangente afetando a sociedade atual como um todo, vem sendo chamado de Big Data. Questão: a CI/OC dispõe de teorias, fundamentos, metodologias e tecnologias para desenvolver SOC a altura dos desafios colocados pela sociedade com a emergência do Big Data e da Web Semântica? Que mudanças, impactos teóricos e práticos a emergência destas questões trará? A OC hoje vem sendo chamada a construir modelos de diferentes domínios, os vocabulários semânticos. Que coisas existem em um domínio, como representá-las? Estas são perguntas da Ontologia e da Semiótica. Objetivos: Este trabalho sugere que teorias abrangentes do que sejam Informação e Conhecimento, objetos das CI/OC, não podem ser obtidos pelas CI/OC com suas próprias bases teóricas desenvolvidas até agora. Metodologia: autores fundacionais de CI/OC são revistos em relação aos fundamentos, teorias e objetos das CI/OC. Suas colocações são cotejadas com teorias gerais de alto nível como a Semiótica e a Ontologia. Conclusões: é sugerido que a Semiótica de Peirce, com suas categorias de percepção e consequente Epistemologia, e a Metafísica, em especial a Ontologia enquanto teoria dos tipos de coisas que existem, incluindo aí a realidade social criada pela cultura humana, podem ser estas teorias.</p> Carlos Henrique Marcondes Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47468 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 A IMPORTÂNCIA DO CONTEXTO PARA A INDEXAÇÃO https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47469 <p>A indexação é um importante processo em um Sistema de Recuperação da Informação (SRI), constituído de duas etapas: análise de assunto e tradução. Sabe-se que a literatura aponta a etapa de análise de assunto como um dos processos mais difíceis de serem realizados, pelo seu caráter subjetivo. Um importante fator que deve ser observado nesse processo é o contexto. O objetivo deste estudo é analisar os diferentes pontos de vista que a importância do contexto tem no processo de indexação, especificamente o contexto sociocognitivo. Esta pesquisa parte de um levantamento bibliográfico, caracterizando-se como exploratória e descritiva. Conclui-se que todas as abordagens apresentadas na literatura pressupõem que o processo de indexação sempre sofre influência sociocultural, e depende do contexto cultural e social específico do indexador e do usuário.</p> Gercina Ângela de Lima, Mariângela Spotti Lopes Fujita, Franciele Marques Redigolo Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47469 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 RESUMOS https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47470 <p>Trata-se de um artigo que materializa uma pesquisa sobre resumo, cujo objetivo foi categorizar os artigos científicos brasileiros sobre resumo no âmbito da Ciência da Informação. A pesquisa conduzida foi exploratória e bibliográfica, apoiada pela revisão sistemática da literatura, utilizando a Base de Dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI) com uma busca por título com o termo resumo no período de 1972 a 2021. O universo da pesquisa foi composto por 25 artigos que foram analisados por meio da inferência e categorizados em estrutura, método, ensino e gêneros textuais. Os resultados demonstraram um rápido crescimento de publicações entre as décadas com destaque para o período de 2010-2019 e tendências temáticas de pesquisa para o método de elaboração de resumo, seguidas por estrutura, gênero e ensino. Concluiu-se que vem crescendo o interesse pelo estudo sobre os resumos, porém incipiente, com tópicos relevantes a serem abordados, especialmente para a indústria da informação e comunicação.</p> Fabio Assis Pinho, Bruno Tenório Ávila Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47470 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 ENSAIO SOBRE ONTOLOGIA APLICADA NA RECUPERAÇÃO DA INFORMAÇÃO PARA A CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47471 <p>Apesar de não existir consenso sobre questões centrais no campo da Ciência da Informação, pelo menos três delas merecem destaque: a recuperação da informação, a relevância da informação recuperada e a interação entre o humano e a tecnologia durante estes processos. O processo de recuperação da informação é validado pela adequação das respostas obtidas face às necessidades dos usuários, seja ele realizado por métodos manuais ou automáticos. Não há como desassociar deste contexto a forma como o domínio do conhecimento está representado e organizado: quanto mais fidedigna a representação em relação à realidade, maior é a capacidade de se obter resultados consistentes. Ao contrário do que pregam as abordagens puramente tecnológicas de orientação estatística, advoga-se aqui que o trabalho intelectual de classificar e organizar ainda é o ponto fundamental na Recuperação da Informação. Neste ensaio, de caráter informativo e admitidamente incompleto, enfatizam-se aspectos inerentes às ontologias que permeiam questões centrais da área e que fundamentam novas possibilidades de pesquisa. Sugere-se que a criação da disciplina da Ontologia Aplicada no currículo da Ciência da Informação pode trazer benefícios e gerar oportunidades para pesquisadores, estudantes e profissionais.</p> Jeanne Louize Emygdio, Maurício Barcellos Almeida, Lívia Marangon Duffles Teixeira Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47471 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 PRINCÍPIOS TEÓRICOS USADOS NA ELABORAÇÃO DE ONTOLOGIAS E SUA INFLUÊNCIA NA RECUPERAÇÃO DA INFORMAÇÃO COM USO DE INFERÊNCIAS https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47472 <p>Diversos instrumentos da organização do conhecimento vão refletir variadas possibilidades de recuperação da informação. Nesse contexto, as ontologias possuem um potencial diferenciado pois permitem a descoberta de conhecimento, recurso que pode ser usado para recuperar informação de forma mais flexível. Entretanto, esse potencial pode ser afetado pelos princípios teóricos adotados na elaboração da ontologia. O objetivo do presente trabalho é discutir, de maneira introdutória, de que forma um conjunto (não exaustivo) de princípios teóricos pode influenciar em um aspecto das ontologias: o seu uso para obter inferências. Nesse âmbito, discute-se em especial o papel da Teoria Conceito, de Ingetraut Dahlberg. A metodologia é de natureza exploratória, qualitativa, e do ponto de vista da técnica utiliza-se de pesquisa bibliográfica apoiada pelo método de análise de conteúdo. Utiliza ainda um pequeno exemplo de aplicação a título de prova de conceito. Como resultados apresenta-se uma discussão sobre a influência da definição conceitual em inferências por subsunção, sugerem-se aportes teóricos que devem ser usados para guiar a formação de estruturas hierárquicas em que tais inferências se apoiam, e fornecem-se exemplos de como a ausência de tais aportes pode levar a inferências equivocadas.</p> Linair Maria Campos Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47472 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 APLICABILIDADE DA FOLKSONOMIA NA CONSTRUÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE SISTEMAS HÍBRIDOS DE ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47473 <p>Estuda aspectos relativos à Folksonomia e à representação colaborativa da informação em Sistemas de Recuperação da Informação. Apresenta as suas principais características, implicações positivas e negativas no processo de representação e recuperação da informação. Tem como objetivo geral analisar a aplicabilidade da Folksonomia no processo de construção e atualização de Sistemas híbridos de Organização do Conhecimento, a partir dos resultados de pesquisas nacionais e internacionais na literatura. Utiliza como metodologia as pesquisas bibliográfica, exploratória, descritiva com abordagem qualitativa. Evidencia os principais contributos das ferramentas que combinam a estrutura sistematizada dos instrumentos tradicionais de representação do conhecimento à semântica latente da Folksonomia em Sistemas de Recuperação da Informação. Apresenta propostas que exploram as potencialidades da Folksonomia com o suporte dos formalismos e métodos utilizados na construção de instrumentos de controle terminológicos, descortinando novas perspectivas para auxiliar a representação e a troca de conhecimentos em ambiente web.</p> Raimunda Fernanda dos Santos, Maria Elizabeth Baltar Carneiro de Albuquerque Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47473 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 APRESENTAÇÃO DA EDIÇÃO ESPECIAL - INTERNACIONAL https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47488 Fernanda Maria Melo Alves Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47488 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 APRESENTAÇÃO DA EDIÇÃO ESPECIAL - NACIONAL https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47483 Maria Luiza de Almeida Campos Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47483 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 EDITORIAL https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47482 Maria Isabel de Jesus Sousa Barreira, Sérgio Franklin Ribeiro da Silva, Susane Barros Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47482 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 ONTOGENIA DE LA CLASE DE RELIGIÓN DE LA CLASIFICACIÓN DECIMAL UNIVERSAL EN ESPAÑOL https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47479 <p>El conocimiento aumenta y cambia con el tiempo, por lo tanto, los esquemas de clasificación bibliográficos, como sistemas de organización del conocimiento, deben actualizarse y revisarse<strong>. </strong>El presente trabajo analiza y compara la clase 2 Religión de las tres últimas ediciones publicadas en papel y en español de la Clasificación Decimal Universal. El estudio de la ontogenia de esta clase permite comprobar el tratamiento que recibe una colección cuando es ordenada y clasificada en una biblioteca y presenta implicaciones para el proceso de búsqueda y recuperación de información.</p> Elena Aragón Palancar, Daniel Martínez-Ávila Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47479 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 INTELLIGENCE COLLECTIVE ET RECHERCHE D´INFORMATION EN CONTEXTE ORGANISATIONNEL https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47476 <p>La recherche d’information n’est plus une activité isolée, mais s’inscrit dans un contexte plus large où recherche, dispositif, usage et partage de l’information sont pleinement liés. Également, on pense l’Intelligence Collective comme «une dynamique d’acteurs coresponsables interconnectés culturellement (soft) et organisationnellement (hard), en alliance autour de visions partagées » (Lenhardt &amp; Bernard, 2005, p. 31). Dans cet article, nous proposons un cas spécifique sur la question de l’intelligence collective dans une perspective de recherche d’information, en investigant quarente personnes dune très grande entreprise du secteur de l’énergie. Ils sont non-informaticiens, développeurs amateurs qui ont, en plus de leur mission principale (expertise technique, appui métier, chargé d’études, planification, etc.) une activité de production de dispositifs techniques pour répondre aux besoins locaux de leurs collègues. Les résultats de l’ observation participante, dans une perspective comprehensive montre que, dans un contexte organisationnel, la structuration de la population investiguée est une réponse à un besoin informationnel hautement contextualisé. C’est aussi une manière de transformer l’organisation en favorisant une approche plus décentralisée, appuyée en cela par les dispositifs mis en place, mais surtout ancrée dans les usages et la réalité opérationnelle des acteurs (et les dynamiques associées). Nous observons une convergence entre les objectifs de l’organisation qui donnent une direction et fédèrent les acteurs en donnant un sens à leurs actions y la dimension structurelle de l’organisation qui impose des processus, des moyens, sa culture et enfin les membres eux-mêmes qui font vivre l’organisation, sa culture, qui sont les forces vives permettant d’atteindre lesdits objectifs.</p> Antoine Henry Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47476 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 A ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO E A AGENDA 2030 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47474 <p>Este artigo procura compreender a relação entre a interoperabilidade tecnológica e semântica (metainformação) dos sistemas de informação com a sustentabilidade, proposta global da Agenda 2030 das Nações Unidas para o desenvolvimento das nossas sociedades. Através de uma revisão sistemática da literatura e de uma análise dos resultados, pretende-se perceber o contributo da organização da informação e da interoperabilidade para o incremento do desenvolvimento sustentável. Foram colocadas duas questões de investigação: Qual o papel dos sistemas interoperáveis no desenvolvimento ambiental, social e económico? De que forma a organização da informação e a interoperabilidade podem contribuir para o desenvolvimento sustentável? Os resultados mostram que a interoperabilidade é considerada como fundamental para o desenvolvimento sustentável, sobretudo na construção de sistemas de informação integrados e normalizados. O papel dos sistemas interoperáveis no desenvolvimento ambiental, social e económico é relevante, pois a organização da informação e a interoperabilidade contribuem, de forma indireta, mas decisiva, para o desenvolvimento sustentável. Viabilizam a permuta de informação, incentivam a construção de comunidades globais de prática e ultrapassam as limitações e os défices locais. Conclui-se que a organização da informação desempenha um papel crucial e transversal nos projetos, que visam implementar os objetivos do desenvolvimento sustentável.</p> Jorge Manuel Rias Revez, Carlos Guardado da Silva Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47474 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 ORGANIZAÇÃO, GESTÃO E REPRESENTAÇÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO NA ARQUIVÍSTICA https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47480 <p>Diferentes estudos abordam a questão da organização, gestão e representação da informação e do conhecimento, no âmbito da Ciência da Informação. Algumas destas abordagens alargam o espetro para as interações possíveis com a Arquivística. Pretende-se identificar alguns desses estudos e analisar as perceções de autores sobre essas matérias, tendo como alvo alguma da produção científica recente neste âmbito. Trata-se de uma abordagem qualitativa, baseada no método de Investigação Documental. As análises incidem sobre 21 textos, publicados entre 2016 e 2021. Os resultados apontam para a subdivisão do tema principal em três eixos discursivos secundários, reveladores de diferentes, mas complementares, perceções (ou discursos): i) Organização e representação da informação e do conhecimento arquivístico: especificidades e relações; ii) Representação e descrição da informação e do conhecimento arquivístico: interlocuções e desafios; iii) Representação da informação e do conhecimento arquivístico: processos e produtos. As conclusões encaminham a Arquivística e a Ciência da Informação para um território comum - a Representação da Informação e do Conhecimento - , para que a primeira (a Arquivística) possa beneficiar-se, especialmente, no que respeita à eficácia na recuperação da informação, dos conhecimentos científicos consolidados pela segunda ( a Ciência da Informação).</p> Luís Miguel Nunes Corujo, Maria Cristina Vieira de Freitas Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47480 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 LOS USUARIOS EN LA BÚSQUEDA Y RECUPERACIÓN DE INFORMACIÓN https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47478 <p>Se revisa la evolución en la investigación en Recuperación de Información (RI) en estas dos últimas décadas y la representación y posicionamiento de esta temática dentro de la investigación en la Ciencia de la Documentación. Se abordan específicamente las tendencias y perspectivas en la investigación en RI centrada en el usuario, referidas a la interacción usuario-sistema y al comportamiento informacional en el proceso de búsqueda y recuperación. Se observan en la literatura analizada tendencias convergentes entre ambas áreas de investigación, con intereses compartidos, que sugieren explorar los terrenos comunes y avanzar hacia un campo de investigación integrado más robusto.</p> María-Luisa Alvite-Díez Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47478 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 INTERFACES INTERCULTURELLES ET MULTILINGUES D'ACCÈS l’INFORMATION ET AUX CONNAISSANCES https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47477 <p>Article est une prise de position (<em>position paper</em>) sur l’importance de respecter la diversité culturelle et linguistique dans la conception des SOC. Ce respect constitue l’un des principes d’éthiques dans l’organisation des connaissances et considéré comme un des fondements des Droits de L’homme (Déclaration universelle des droits de l’homme). Il reposera sur une brève revue de la littérature sur l’éthique dans l’organisation des connaissances (OC), le relativisme linguistique ainsi que sur les approches culturelles de l’organisation des connaissances (Guimarães, 2000&nbsp;; 2015)&nbsp;; Favier et Mustafa El Hadi (2013)&nbsp;; Mustafa El Hadi 2015) . entre autres, et de l’accès à l’information dans un monde de plus en plus globalisé.</p> Widad Mustafa El Hadi Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47477 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000 ACCESO Y USO DE INTERNET EN COOPERATIVISTAS AGROPECUARIOS CUBANOS https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47475 <p>El Estado cubano viene aprobando normativas para consolidar y diversificar el cooperativismo agropecuario y para lograr el Objetivo de Hambre Cero para 2030. Siendo el primero estudio sobre el uso y acceso de internet de los cooperativistas agropecuarios cubanos, los resultados de los cuestionarios aplicados apuntan la participación marcadamente masculina; desigualdades de género en los entornos rurales; insuficiente participación de los jóvenes; marcado interés demostrado por cooperativistas de la zona oriental del país; frecuencia del acceso regular, básicamente diaria, doméstica, fundamentalmente nocturna y a partir de los datos móviles; socialización en el uso de las redes para compartir y mantener el contacto con amigos y otros usuarios. Los mismos resultados sirven de antecedente para implementar una multiplataforma digital que articule los contenidos de varios escenarios comunicativos (televisión, radio, redes sociales, moodle, etc.) sobre buenas prácticas endógenas que eleve la cultura cooperativa y sintonice con otros públicos y promueva una percepción social acorde a la cultura digital y las necesidades de desarrollo sostenible en el país.</p> Ania Rosa Hernández Quintana, Manuel Alejandro Romero Quesada, Disamis Arcia Muñoz Copyright (c) 2021 PontodeAcesso http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/47475 qua, 29 dez 2021 00:00:00 +0000