<B>O Desenho como proposta de criatividade para o projecto em design: estudos de caso portugueses</B>

Autores

  • Graça Magalhães Universidade de Aveiro (Departamento de Comunicação e Arte)
  • Fatima Pombo Universidade de Aveiro (Escola de Comunicação e Arte)

DOI:

https://doi.org/10.9771/2175-084Xrcv.v0i13.4031

Palavras-chave:

Desenho, Design, Processos Criativos

Resumo

Consideramos o estudo e reflexão do desenho cujo fim será a compreensão e implicação no processo criativo do objecto. Neste sentido, o desenho apresentar-se-á como a matéria da qual o design deriva - aspectos heurísticos do desenho - e eventualmente à qual regressa – derivação simbólica e sintomática do desenho -; assim território de influência e confluência do design. Consideraremos pois a possibilidade “integral” do desenho como instrumento criativo na prática projectual reconhecendo-o como possibilidade de pensamento projectual com derivação do artístico. Para tal justificamos esta premissa considerando a origem da disciplina do design, através da sua autonomia disciplinar, inscrita historicamente na revolução industrial e posteriormente afirmada com o modernismo, este como lugar funcional do desenho como instrumento de projecto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-05-04

Como Citar

MAGALHÃES, G.; POMBO, F. &lt;B&gt;O Desenho como proposta de criatividade para o projecto em design: estudos de caso portugueses&lt;/B&gt;. Cultura Visual, [S. l.], n. 13, p. 121–136, 2010. DOI: 10.9771/2175-084Xrcv.v0i13.4031. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/rcvisual/article/view/4031. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos Convidados / Invited Articles