Arte, cidade, erotismo e pornografia

Autores

  • Roaleno Amancio Ribeiro Costa Universidade Federal da Bahia (Escola de Belas Artes)

DOI:

https://doi.org/10.9771/2175-084Xrcv.v0i11.3674

Palavras-chave:

Sexo, representação, público/privado, política, cidade

Resumo

A distância que separa a vida íntima e a vida pública evoluiu no decorrer dos séculos em conveniência da evolução dos interesses políticos. A análise da parte consentida a sexualidade na cidade, percebida como representação física da expressão do capitalismo, permite se abordar a ambivalência das discussões que estruturam os comportamentos sociais adotados em relação à sexualidade e de suas representações na sociedade contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roaleno Amancio Ribeiro Costa, Universidade Federal da Bahia (Escola de Belas Artes)

Poaleno Costa (Currículo Lattes) possui graduação em Artes Plásticas pela Universidade Federal da Bahia (1988), mestrado em Artes Plásticas pela Universidade de São Paulo (1994) e doutorado em Ciênciias da Comunicação pela Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal da Bahia. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Pintura, atuando principalmente nos seguintes temas: arte urbana, arte erótica, arte contemporânea, vídeo-art.

Downloads

Como Citar

COSTA, R. A. R. Arte, cidade, erotismo e pornografia. Cultura Visual, [S. l.], n. 11, p. 211–219, 2009. DOI: 10.9771/2175-084Xrcv.v0i11.3674. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/rcvisual/article/view/3674. Acesso em: 21 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos Selecionados / Selected Articles