Performance: territórios conquistados e negociações de fronteiras

Autores

  • Hugo Fernando Salinas Fortes Júnior Universidade de São Paulo (Escola de Comunicações e Artes)

DOI:

https://doi.org/10.9771/2175-084Xrcv.v0i11.3672

Palavras-chave:

Performance, terra, território, fronteira

Resumo

A performance oscila por sua natureza mesma entre diferentes campos artísticos, tornando difícil toda tentativa de estruturação e de classificação. Essa ausência de limites precisos pode ser recolocada em paralelo à noção de fronteiras estabelecidas entre territórios. A Terra, como material de base, fonte mesma de territórios geográficos e políticos foi utilizada plasticamente em algumas performances artísticas. Baseando-se a partir da análise de várias performances, entre estas as do Festival Internacional da Terra (Venezuela 2007), este artigo propõe interrogar as noções de demarcação entre territórios, tanto terrestres quanto artísticos fundamentados sobre a metáfora da terra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hugo Fernando Salinas Fortes Júnior, Universidade de São Paulo (Escola de Comunicações e Artes)

Pugo Fortes (Currículo Lattes)é Professor Doutor na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Atualmente leciona disciplinas na Pós-Graduação em Artes Visuais da ECA-USP e disciplinas de graduação nos cursos de Design da FAU-USP e no curso de Relações Públicas da ECA-USP. Como artista tem participado de inúmeras exposições, bienais, festivais e mostras no Brasil, Alemanha, França, Espanha, Dinamarca, Grécia, Armênia, Filipinas, Marrocos, Chile, Venezuela e Uruguai. Em 2007 foi vencedor do Prêmio CAPES de Tese, com o trabalho "Poéticas Líquidas: a água na arte contemporânea" , considerada a melhor tese de doutorado em nível nacional na categoria Artes/Música. Com apoio do Prêmio CAPES, realiza atualmente pesquisa de pós-doutorado na FAU-USP. Possui Doutorado em Artes pela ECA-USP (com doutorado sandwich na Alemanha), mestrado em Ciências da Comunicação(2000) e graduação em Publicidade e Propaganda pela USP(1989) . Foi bolsista de doutorado durante dois anos em Berlim, na Alemanha, onde atuou como docente convidado na Universität der Künste Berlin (Universidade das Artes de Berlim).

Downloads

Como Citar

FORTES JÚNIOR, H. F. S. Performance: territórios conquistados e negociações de fronteiras. Cultura Visual, [S. l.], n. 11, p. 125–142, 2009. DOI: 10.9771/2175-084Xrcv.v0i11.3672. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/rcvisual/article/view/3672. Acesso em: 21 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos Selecionados / Selected Articles