https://periodicos.ufba.br/index.php/rcontabilidade/issue/feed Revista de Contabilidade da UFBA 2021-08-30T19:09:06+00:00 Profa. Dra. Carolina Venturini Marcelino rcufba@gmail.com Open Journal Systems <p><span>A RC-UFBA, Revista de Contabilidade da UFBA é um periódico do Departamento de Ciências Contábeis da UFBA e constitui-se como um veículo destinado à disseminação de pesquisas e ideias que agreguem valor ao trabalho de acadêmicos e praticantes da Contabilidade. O periódico é dirigido à comunidade de professores, alunos de graduação e pós-graduação, consultores, empresários e profissionais de empresas públicas e privadas. A Revista de Contabilidade da UFBA tem como missão a divulgação de conhecimentos relacionados à Contabilidade, Controladoria e Finanças, tanto em nível nacional como internacional.</span></p><p><strong><span>ISSN: </span></strong><span>1984 - 3704 <strong><span> Qualis Capes (2013-2016): </span></strong>B4</span></p> https://periodicos.ufba.br/index.php/rcontabilidade/article/view/45867 Resenha do livro: Teoria da contabilidade financeira: fundamentos e aplicações / organização Eduardo Flores, Guillermo Braunbeck, Nelson Carvalho. São Paulo: Atlas, 2018. 2021-08-26T20:39:12+00:00 Silvana Dalmutt Kruger silvanak@unochapeco.edu.br <p>Esta resenha tem o objetivo de apresentar uma síntese das principais ideias discutidas no livro Teoria da contabilidade financeira: fundamentos e aplicações, organizado por Eduardo Flores, Guillermo Braunbeck e Nelson Carvalho, lançado no ano de 2018, pela Editora Atlas.</p> 2021-09-07T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista de Contabilidade da UFBA https://periodicos.ufba.br/index.php/rcontabilidade/article/view/45952 Resenha do livro: Contabilidade Financeira. Bruno Salotti, Gerlando Lima, Fernando Murcia, Mara Jane Malacrida e Renê Pimentel. São Paulo: Atlas, 2019. 2021-08-30T19:09:06+00:00 FABIO PEREIRA DA SILVA blogsuaeconomia@gmail.com <p>Esta resenha tem o objetivo de apresentar uma síntese das principais ideias discutidas no livro Contabilidade Financeira, dos autores Bruno Salotti, Gerlando Lima, Fernando Murcia, Mara Jane Malacrida e Renê Pimentel, lançado no ano de 2019, pela Editora Atlas.</p> 2021-09-07T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista de Contabilidade da UFBA https://periodicos.ufba.br/index.php/rcontabilidade/article/view/38584 O modelo de 5-fatores de Fama-French e o crescimento econômico futuro: evidências em mercados emergentes 2021-07-04T19:58:55+00:00 José Clemente Jacinto Ferreira joseclemente014@gmail.com Ana Paula Matias Gama ana.matias.gama@gmail.com Luiz Paulo Fávero lpfavero@usp.br Raquel Costa raqsalesc@gmail.com <p>Este estudo procura investigar se existe uma relação entre os fatores de risco do modelo de avaliação de ativos de cinco fatores proposto por Fama e French (2015) e o crescimento econômico futuro dos países emergentes que compõem o grupo denominado de BRICS, bem como o próprio grupo. Para tanto, a partir de uma amostra do Produto Interno Bruto (PIB) e dos retornos dos fatores de risco de mercado, porte, índice <em>book-to-market</em>, lucro operacional e investimento dos mercados de ações no período compreendido entre 1993 e 2019, aplicou-se a técnica de análise de regressão quantílica para os percentis 0,05; 0,25; 0,50; 0,75; e 0,95, bem como se estimaram cinco modelos de regressão simples e um de regressão múltipla. Para fins de comparação, modelos quantílicos para dados em painel com efeitos fixos também foram estimados. Os resultados empíricos sugerem que os retornos dos fatores de risco de mercados de ações emergentes captam informações que ajudam a prever o crescimento econômico dos BRICS e dos respectivos países.</p> 2021-07-04T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista de Contabilidade da UFBA https://periodicos.ufba.br/index.php/rcontabilidade/article/view/36436 Há associação entre experiência coletiva e produtividade na prestação de serviços mediadas por tempo, equivalência e custos? 2021-07-04T19:58:59+00:00 Mara Juliana Ferrari mara@unidavi.edu.br Altair Borgert altair@borgert.com.br <p>Esta pesquisa objetivou verificar se há associação entre experiência coletiva e produtividade na prestação de serviços. Caracterizado por um estudo de caso, predominantemente quantitativo e de natureza exploratória e descritiva, utilizou-se dados de produção por meio de equivalência, custos e tempo de permanência de integrantes de 11 equipes de trabalho de uma empresa prestadora de serviços de telecomunicações, ao longo de 24 meses. Para tanto, formulou-se duas hipóteses de pesquisa: hipótese nula, que não existe associação entre a variável Experiência e Produtividade ao longo do período considerando-se o tempo médio das equipes e, como hipótese alternativa, que as variáveis são associadas. Como resultado, por meio do teste Qui-quadrado obteve-se o valor de 3,7161, ao nível de significância de α = 0,05, com 4 graus de liberdade, e valor crítico de 9,48773 que representa a área caudal direita. Assim, como o valor Qui-quadrado está fora da área aceitável, não se pode rejeitar a hipótese nula, o que leva a conclusão de que os dados não mostram evidência de associação entre Experiência e Produtividade, para o caso estudado, cujas diferenças nas proporções podem ser explicadas por simples variações causais.</p> 2021-07-04T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista de Contabilidade da UFBA https://periodicos.ufba.br/index.php/rcontabilidade/article/view/42196 Existe um gap entre o conteúdo formativo da disciplina de controladoria e o perfil exigido pelo mercado de trabalho em Santa Catarina? 2021-07-04T19:59:00+00:00 Ellen Carine Mello dos Santos ellen_carine@hotmail.com Marciano da Silveira Piazentini marciano.piazentini@professor.unc.br Gabriel Bonetto Bampi gabriel@unc.br Fernando Maciel Ramos framos@unc.br <p>O estudo objetivou analisar a existência de um <em>gap</em> entre os conteúdos abordados na ementa da disciplina de controladoria nos cursos de Ciências Contábeis e o perfil do <em>controller </em>exigido pelo mercado de trabalho de Santa Catarina. Trata-se de uma pesquisa descritiva, documental e qualitativa. A amostra final compreendeu 15 IES de Santa Catarina e 45 vagas de empregos ofertadas e correlatas à controladoria. A coleta de dados realizou-se por meio dos sítios eletrônicos das IES e o envio de e-mail aos coordenadores de curso com a finalidade de obter a ementa da disciplina de controladoria. Os anúncios de vagas foram obtidos pelo site <em>LinkedIn</em> para identificar as atribuições requisitadas pelo mercado. A análise dos dados foi realizada por meio da técnica de análise de conteúdo. Os resultados apresentaram que o mercado exige formação acadêmica multidisciplinar, enquanto a disciplina volta-se a aspectos mais conceituais e teóricos acerca da atividade de controladoria. Assim, conclui-se a existência de um <em>gap</em> entre o conteúdo ministrado na disciplina de controladoria e o perfil requerido pelo mercado de trabalho.</p> 2021-07-04T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista de Contabilidade da UFBA https://periodicos.ufba.br/index.php/rcontabilidade/article/view/36164 Gestão de relacionamentos pelos profissionais da contabilidade: análise da captação e manutenção de clientes no contexto brasileiro 2021-07-04T19:59:02+00:00 Jenifer Cristina Silva jenifercristina15@gmail.com Igor Pereira da Luz i.pereiradaluz@gmail.com Rodrigo Rengel rengel.rodrigo@hotmail.com <p>A pesquisa possui como objetivo evidenciar quais práticas são realizadas pelos profissionais contábeis para obtenção e manutenção de novos clientes. Para isto, realizou-se uma pesquisa descritiva, tipo levantamento <em>survey</em>, e de abordagem quantitativa. A amostra final totalizou 165 respondentes. Os dados obtidos foram analisados por estatística descritiva. Os resultados revelam que os contadores utilizam algumas práticas de marketing para auxiliar na captação de novos clientes, porém ainda não fazem o uso total dessa ferramenta a seu favor. Os achados ainda apresentam que a qualidade dos serviços prestados é primordial para a permanência dos clientes no portfólio dos prestadores de serviços contábeis. Entretanto, estes serviços de qualidade não apresentam tamanha necessidade aos clientes a ponto de estarem dispostos a pagarem qualquer quantia. Por fim, esta pesquisa contrasta achados de estudos anteriores que relatam preocupação dos contadores quanto sua imagem, ao demonstrar a falta de utilização de técnicas para aquisição/manutenção de clientes.</p> 2021-07-04T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista de Contabilidade da UFBA https://periodicos.ufba.br/index.php/rcontabilidade/article/view/42987 Habilidades dos recém-formados em Contabilidade: análise da percepção dos profissionais de recrutamento 2021-07-04T19:59:03+00:00 Claudio de Souza Miranda csmiranda@usp.br João Paulo Resende de Lima jp.resendelima@hotmail.com Thais Coelho de Souza csmiranda@usp.br <p>Estudos recentes indicam maior necessidade de qualificação dos profissionais contábeis brasileiros, principalmente acerca de suas <em>soft skills</em>. Para que os profissionais em formação (estudantes de ciências contábeis) possam atingir as expectativas dos recrutadores, é necessário, primeiramente, identificar o perfil traçado por aqueles profissionais no preenchimento das vagas demandadas pelo mercado. Diante desse cenário, o presente estudo objetivou identificar as principais competências e habilidades requisitadas aos profissionais contábeis vis-à-vis aquelas encontradas pelos recrutadores em geral, por meio de uma <em>websurvey</em> com profissionais de recrutamento e gerentes de recursos humanos, visando obter o perfil esperado dos profissionais formados em Contabilidade. O presente estudo contribui para a discussão das habilidades e competências dos profissionais de contabilidade, bem como apresenta potencial reflexivo para os coordenadores de curso que desejam aumentar seu nível de empregabilidade e diálogo com profissionais de recrutamento e seleção.</p> 2021-07-04T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista de Contabilidade da UFBA https://periodicos.ufba.br/index.php/rcontabilidade/article/view/45294 Editorial 2021-07-04T19:58:54+00:00 Carolina Venturini Marcelino rcufba@gmail.com 2021-07-04T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2021 Revista de Contabilidade da UFBA