Revista Eletrônica de Gestão e Tecnologias Ambientais

Periódico de livre acesso para o debate acadêmico que publica artigos originais da área da Engenharia Sanitária e Ambiental, com foco nos aspectos relacionados à gestão e tecnologia, com base em abordagens críticas inter e transdisciplinares.

A gestão conjunta da Revista está a cargo das instituições: Universidade Federal da Bahia - UFBA, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB, Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS, Universidade de Coimbra - UC e Universidade do Minho - UM.

A hospedagem e edição da Revista GESTA está a cargo da Universidade Federal da Bahia - UFBA.

A política do periódico para divulgação é de Livre Acesso (Open Acess).

A revista possui o identificador digital D.O.I (Digital Object Identifier), ISSN: 2317-563X, é operacionalizada pelo sistema SEER/OJS, e está indexada nas seguintes bases: Latindex (internacional), Redib – Rede Iberoamericana de innovación y conocimiento científico (internacional), LiVre CNEN (nacional), Sumarios.org (nacional), e Google acadêmico, e encontra-se classificada no Qualis/CAPES para nove áreas:

  • ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO
  • CIÊNCIAS AMBIENTAIS
  • ENGENHARIAS I
  • ENSINO
  • GEOCIÊNCIAS
  • GEOGRAFIA
  • INTERDISCIPLINAR
  • PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL / DEMOGRAFIA
  • SAÚDE COLETIVA

 

 


 


  

    

  

 


 

 

Notícias

 

Revista GESTA disponibiliza a Edição Volume 8, Número 1 de 2020

 

A mais recente edição da Revista GESTA, trabalhada sob o impacto e desafios da pandemia da COVID-19, traz pela primeira vez a publicação de um Paper Position exatamente abordando a relação entre Água e Saúde Pública neste contexto e as perspectivas para o seu “após”.

Papers Position são artigos de formato livre que trazem ideias, opiniões, argumentos ou sugestões próprias de seu autor ou autora, referentes a dada questão ou problema da atualidade ou de grande valor histórico.  Serão publicados ocasionalmente a partir desta Edição, resultando de convites feitos pela Equipe Editorial a renomados pesquisadores e profissionais com elevado reconhecimento em suas áreas de atuação. Contamos neste Volume 8, Número 1, com a colaboração do Doutor José Manuel Pereira Vieira, professor catedrático e investigador da Universidade do Minho, Portugal, a quem somos muito gratos.

Inauguramos nesta edição uma seção especial, com artigos submetidos por autores portugueses, e agradecemos aos mesmos pela parceria. Seus artigos permeiam diversas temáticas: efeitos morfodinâmicos dos sedimentos em praia costeira; análise de sistema de drenagem pluvial frente a precipitações derivadas de modelos atmosféricos; normatização do reuso de águas residuárias; análise de riscos em Planos de Segurança de Águas Residuais; efeitos carcinogênicos devido à presença de trihalometanos em águas de abastecimento.

Para esta seção especial, os Editores, assumiram que as nuances da língua portuguesa nas suas versões de Portugal e do Brasil fossem mantidas, tanto quanto desejado pelos autores, como originalmente utilizadas, sem uma uniformização, inclusive quanto a grafia e a expressões conceituais que diferem nos dois países. Com isso, convida o leitor a visitar a riqueza da língua portuguesa, também ampliando conhecimentos sobre especificidades dos vocabulários, mesmo em abordagens técnicas e científicas das áreas que integram o escopo deste periódico.

Artigos Originais, frutos de submissões em fluxo contínuo,  também compõem esta edição abrangendo os seguintes temas: legislações que tratam das águas subterrâneas no Brasil; gerenciamento de resíduos dos serviços de saúde; experimentos de aclimatação de lodos de reatores UASB; análise multiobjetivo de alternativas de esgotamento sanitário em atendimento a residências unifamiliares; mecanismo de desenvolvimento limpo relativo à matriz de energia elétrica visando redução dos gases de efeito estufa; reuso de águas de resfriamento de destiladores laboratoriais; e, por fim, uma investigação sobre as percepções e atitudes de estudantes de uma universidade chinesa quanto ao uso de biogás obtido a partir de excretas humanas.

Finalmente, registramos a recente reestruturação do Corpo Editorial da Revista GESTA, agregando novas colaboradoras e colaboradores, buscando dinamizar as atividades deste periódico e encetar ações visando seu maior alcance. Neste processo, nosso colega professor Luiz Roberto Santos Moraes, um dos idealizadores da Revista GESTA, deixou de compor o corpo de editores, passando a colaborar como Conselheiro Consultivo. Coube ao mesmo fazer os convites às/aos colegas de Portugal, para a seção especial que ora apresentamos. Nosso registro e profundo reconhecimento a este tão inspirador profissional, pesquisador e colega, cuja colaboração com a Revista GESTA continuará sendo inestimável.

Às leitoras e aos leitores deste periódico, esperamos que aproveitem os excelentes conteúdos aqui oferecidos, assim como incentivamos a submissão de manuscritos!

 
Publicado: 2020-07-24
 
Outras notícias...

v.8, n.2 (2020)


Capa da revista