PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE PACIENTES COM DIABETES MELLITUS EM SALVADOR, BAHIA, BRASIL (2002-2012)

Catia Suely Palmeira, Sayonara Rocha Pinto

Resumo


O Diabetes Mellitus (DM) representa atualmente uma epidemia mundial e uma das doenças mais prevalentes do Brasil. O conhecimento do perfil das pessoas com DM constitui-se em importante estratégia para o planejamento e a organização dos serviços de saúde. Com objetivo de descrever o perfil epidemiológico do DM no município de Salvador-Ba no período de 2002 a 2012, foi realizado um estudo descritivo retrospectivo com a utilização de dados secundários do Sistema Hiperdia disponíveis no DATASUS. No período estudado, registrou-se 4.279 casos de DM. Em todos os anos o maior número de casos foi no sexo feminino (61,8%) e na faixa etária de 40 a 59 anos (55,8%). Conclui-se que o DM é um agravo frequente na população estudada, principalmente o tipo 2, com grande possibilidade de desenvolver complicações crônicas e que é importante o conhecimento do perfil da população para o desenvolvimento de ações de prevenção e controle. 


Palavras-chave


Diabetes mellitus; Epidemiologia; Saúde pública; Enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v29i3.13158

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

ISSN 2178-8650 (eletrônico)

ISSN 0102-5430 (impresso)  

Licença Creative Commons
A Revista Baiana de Enfermagem utiliza a Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

A Revista Baiana de Enfermagem é membro da Associação Brasileira de Editores Científicos.

http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?lng=pt